RCB/TuneIn
Domingo, 18 Nov 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
SECRETÁRIO DE ESTADO DEFENDE ABOLIÇÃO DAS PORTAGENS NO INTERIOR
Rádio Cova da Beira
O secretário de Estado para a Valorização do Interior, João Paulo Catarino, afirmou este sábado, em Pedrógão Grande, que, na próxima legislatura, gostaria de ver abolidas as portagens nas zonas do interior mais frágeis economicamente.
Por Paulo Pinheiro em 04 de Nov de 2018

"No próximo programa de Governo o que gostaria de ver reflectido era a abolição das portagens nalgumas zonas do interior mais frágeis em termos económicos, tendo consciência obviamente da contingência orçamental que vivemos", disse o governante.

 

João Paulo Catarino, que falava aos jornalistas à margem do congresso Agenda Re-Nascer Summit, salientou que "as vias rodoviárias que servem aqueles territórios devem ter obviamente esta redução de custos de contexto, que é brutal, e nalguns casos devem ser abolidas quando tivermos condições para isso".

 

Questionado sobre a possibilidade de o Governo criar um programa operacional específico para territórios de baixa densidade, o secretário de Estado disse que a situação ficou resolvida na reprogramação do quadro comunitário, em que foram alocados 800 milhões de euros exclusivamente para territórios do interior.

 

"O Governo respondeu e essa questão julgo que está ultrapassada", disse o governante, que defende um olhar sobre o interior para "ver quais são as regiões mais frágeis do ponto de vista económico e social para termos para esses territórios políticas públicas específicas".

 

No fundo, acrescentou, "ter uma acção integrada de base territorial, chamar-lhe-ia um olhar mais próximo com os agentes locais”, chamando “ as autarquias e a administração central para desenhar um modelo de governança para um programa deste tipo e é isto que julgo que vamos conseguir no próximo quadro comunitário".

Entrevistado pelo semanário Expresso, o governante garante que vai passar a haver mais Governo no interior defendendo que a escolha de Castelo Branco para instalar a Secretaria de Estado para a Valorização do Interior "é um sinal político forte. Não é uma mera formalidade", disse. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados