RCB/TuneIn
Domingo, 18 Nov 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
MANUEL FREXES INVESTIGADO
Rádio Cova da Beira
O deputado do Partido Social Democrata na Assembleia da República, eleito pelo distrito de Castelo Branco, Manuel Frexes, está a ser investigado pelo Ministério Público.
Por Paulo Pinheiro em 31 de Oct de 2018

O “Público”, que avança a notícia na edição desta quarta-feira, refere que causa estão indícios de delitos económico-financeiros que podem configurar crimes como favorecimento pessoal, participação económica em negócio ou mesmo corrupção. Negócios que terão sido realizados, entre 2002 e 2010, quando Manuel Frexes exerceu o cargo de presidente da câmara municipal do Fundão.

Recorde-se que no final do passado mês de Setembro, tal como a RCB noticiou, a PJ esteve na CMF onde solicitou documentos relacionados com uma empresa de um processo de "há muitos anos", confirmou na altura à RCB o actual presidente do município.

De acordo com o jornal, existem suspeitas da existência de um contrato fictício com um empreiteiro, cujos serviços terão sido usados para outros fins que não os previstos, mas também indícios de sobrefacturação e serviços.

O Ministério Público já solicitou à Assembleia da República o levantamento da imunidade do deputado social-democrata para o interrogar na qualidade de arguido.

Manuel Frexes, que preside à comissão política distrital de Castelo Branco do PSD, cumpre o terceiro mandato, diz-se surpreendido declara estar disponível para colaborar com a justiça e de consciência tranquila, mesmo não sabendo que factos estão a ser investigados

“Tudo o que fiz foi na defesa do município. Nunca fiz nada de errado, nunca prevariquei. Quando há dúvidas, desfazem-se”, afirma Manuel Frexes ao “Público”. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados