RCB/TuneIn
Domingo, 18 Nov 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
APROFUNDAR A PARTICIPAÇÃO DOS JOVENS NA POLÍTICA
Rádio Cova da Beira
É um dos principais propósitos dos cerca de 25 jovens de vários países europeus que estão no Fundão até quarta-feira, 31 de Outubro 2018. A iniciativa insere- se no âmbito do consórcio Erasmus, de que o município fundanense é parceiro, e da rede Dypal.
Por Paulo Pinheiro em 30 de Oct de 2018

Uma rede que está na linha da frente na discussão de políticas orientadas para os territórios de baixa densidade. Os participantes, técnicos de juventude municipais e dirigentes associativos em Dinamarca, Eslováquia, Hungria, Itália, Letónia, Lituânia, Macedónia, Polónia e Portugal, aprofundam políticas, partilham experiências e desenvolvem metodologias para participação de jovens na política em modelos como o conselho municipal de juventude ou o orçamento participativo. O Fundão é um exemplo a analisar

“Seguramente o exemplo do Fundão, mas também a oportunidade que muitos jovens fundanenses já tiveram de participar nestas discussões noutros países olhando e verificando a realidade nesses territórios (Suécia, Dinamarca, Hungria outros países). Agora, os participantes têm a possibilidade de ver aqui como o Fundão é hoje um território de chegada, que durante décadas foi de partida, de culturas diferentes seja pelos refugiados seja por portugueses que estavam espalhados pelo território nacional e que hoje se combinam aqui na cidade através de projectos como este”, defende o vice-presidente da câmara municipal do Fundão. Miguel Gavinhos, que esta segunda-feira, no Casino Fundanense, deu as boas vindas aos participantes.

Esta segunda-feira o trabalho proposto foi de partilha e discussão das experiencias vividas por cada um, amanhã novo desafio se coloca

“Amanhã vamos estar a analisar o que é um conselho municipal de juventude, as suas funções e tentarem conseguir ver os vários modelos que existem para conseguirem reajustar aqueles que desenvolvem ou até criar novas estruturas de participação. Vamos ter oportunidade de ir visitar várias práticas aqui no Fundão, mas depois iremos para Lisboa e Cascais onde vão ver no terreno o trabalho que ali está a ser feito e tentarem avaliar com base naquilo que foi a parte mais conceptual, teórica, que estivemos a trabalhar nestes primeiros dias”, afirma Bruno António, coordenador da rede Dypal que congrega 59 membros de 39 países europeus.

 

O envolvimento dos jovens é fundamental para abrir novos caminhos e influenciar quem localmente dirige os destinos dos municípios

“Podem ter um papel muito importante naquilo que é o envolvimento dos jovens no poder decisão, influenciar as políticas locais, influenciar aquilo que são as soluções de emprego ou até na saúde. Muitas vezes temos essas respostas para os jovens mas não lhe perguntamos se vão funcionar ou não. Este tipo de formação está a ajudar o poder local a tentar reestruturar as estratégias e os instrumentos que têm para a área da juventude”

 

Os jovens europeus estão no Fundão até quarta-feira viajando depois para Lisboa e terminando a visita a Portugal, a 4 de Novembro, na capital europeia da juventude, a cidade de Cascais.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados