RCB/TuneIn
Domingo, 18 Nov 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
HOJE √Č O DIA MUNDIAL DO AVC
Rádio Cova da Beira
O Acidente Vascular Cerebral (AVC) continua a ser a principal causa de morte e incapacita√ß√£o em Portugal. Para dar resposta a este problema de sa√ļde p√ļblica, o Centro Hospitalar Universit√°rio da Cova da Beira criou, em 2005, uma unidade de AVC, por onde ao longo destes 13 anos passaram milhares de doentes.
Por Paula Brito em 29 de Oct de 2018
 

 “Tivemos entre 200 e 400 doentes por ano, o ano 2010 foi o que teve mais doentes, a partir daí tivemos apenas um ligeiro acréscimo, em 2013, igual a 2010 com 400 doentes, mas o número tem vindo a diminuir. Penso que isto corresponde a um melhor esclarecimento da população, à criação das vias verdes e um melhor controlo dos factores de risco mais importantes.”

Em entrevista ao programa “Flagrante Directo” da RCB, no último fim de semana, a directora da unidade de AVC do CHUCB acrescenta que nos últimos três anos passaram pela unidade mais de 700 doentes: 234 em 2015, 261 em 2016 e 214 no ano passado.

Segundo Fátima Paiva, as primeiras horas são essenciais para o tratamento. Um dos tratamentos, a trombectomia, alargou a janela de tratamento para as 24 horas. Uma novidade que permite a mais doentes serem seleccionados para este tratamento invasivo que é realizado em Coimbra.

“É uma técnica endovascular que vai, através da artéria, retirar o trombo e, se tudo correr bem, restabelecer a circulação rápida. A novidade é que podemos alargar o período de tempo até às 24 horas.”

A directora da unidade de AVC alerta para os principais sintomas que devem levar de imediato a chamar o 112, o que nem sempre acontece.

“Estamos numa zona muito envelhecida, as aldeias estão despovoadas e normalmente as pessoas ficam com medo quando tem os primeiros sintomas, ficam à espera que passem e quando vêm ao hospital já vêm fora de tempo.” Assim, é preciso contactar o 112 de imediato quando sentir um ou vários dos seguintes sintomas, conhecidos pelos três F: alteração na Fala, da Face, e a falta de Força no braço.

Como prevenir continuar a ser a melhor forma de combater o AVC, a começar por uma alimentação saudável, este ano o CHUCB decidiu assinalar o dia com uma acção de informação e sensibilização sobre o tema. A sessão decorre a partir das 14h no auditório do hospital Pêro da Covilhã.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados