RCB/TuneIn
Domingo, 18 Nov 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
CMP APROVA APOIOS DE 115 MIL EUROS
Rádio Cova da Beira
A câmara Municipal de Penamacor (CMP) aprovou por unanimidade a atribuição de apoios ao associativismo no valor de 115 mil euros.
Por Paula Brito em 26 de Oct de 2018

A maior fatia é para o apoio anual às associações desportivas de Penamacor (45 mil euros) e Pedrógão de S. Pedro (42.500 euros), a filarmónica de Aldeia de João Pires recebe 15 mil euros e o centro de dia de S. Domingos, em Meimoa, 12.500 euros para apoiar a instituição na aquisição de uma viatura “à semelhança do que já aconteceu com outras instituições com o mesmo objectivo”, frisou António Beites.

O presidente da câmara de Penamacor diz que os apoios agora aprovados vêm na linha de continuidade da política seguida nos últimos cinco anos de apoio do município ao associativismo do concelho

“Dentro da política de apoios associativos, quer em termos desportivos quer nas áreas cultural e social, que temos desenvolvido nos últimos cinco anos reforçamos anualmente esse apoio, dentro do que é possível em termos orçamentais, e o que aprovamos foi a continuidade do reforço desses apoios, neste caso para entidades culturais, sociais e desportivas”.

 

No caso das associações desportivas, este ano tiveram um reforço de cinco mil euros nas verbas anuais. O autarca salienta o trabalho que ambas desenvolvem no concelho quer no desporto de competição, quer nas camadas mais jovens

 

“Num concelho como o nosso, o mais envelhecido de Portugal, termos cerca de 120 atletas a praticar desporto ao mais alto nível é significativo. Para além desse número, gostava de frisar que temos nas camadas jovens da Associação desportiva de Penamacor 70 atletas até aos 14 anos, ou seja houve um reforço claro, nestes últimos anos, de crianças a praticarem desporto na ADEP. Este é um bom sinal e demonstra alguma retoma demográfica no nosso concelho”.

 

A proposta foi aprovada por unanimidade numa sessão pública onde o vereador do movimento “Penamacor no coração” questionou o presidente sobre a questão dos transportes no caso das duas associações desportivas afirmando que por vezes “nem o motorista nem o autocarro aparecem”. António Beites respondeu afirmando que a câmara cede os transportes mas os custos associados, nomeadamente o pagamento aos motoristas, não é da responsabilidade do município.

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados