RCB/TuneIn
Domingo, 18 Nov 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“TUDO O QUE SEJA PARA ACRESCENTAR É BEM VINDO”
Rádio Cova da Beira
O presidente da câmara da Covilhã não descarta a possibilidade que foi recentemente avançada pelo autarca da Guarda, Álvaro Amaro, no sentido de se avançar com a criação de um centro hospitalar universitário com as estruturas de saúde das duas cidades.
Por Nuno Miguel em 25 de Oct de 2018
Embora refira que a Guarda já integra o projecto do centro médico académico das Beiras, Vítor Pereira sublinha que a ideia pode ser implementada caso se comprove que a sua concretização vai trazer benefícios às populações “tudo o que seja para acrescentar algo àquilo que já temos eu acho sempre que é bem vindo. Se conseguirmos densificar essa união tanto melhor. Nós estamos cá para fazer pontes, criar sinergias e aquilo que pretendemos é que as instituições de saúde funcionem bem na nossa região. Não somos egoístas em olhar apenas para o concelho da Covilhã, olhamos para a Cova da Beira em particular e para a região em geral, desde Castelo Branco até Viseu. Agora temos de ser pragmáticos e ver se as ideias, que aparentemente podem ser boas, são ou não exequíveis”.   
Questionado sobre se esta ideia pode trazer mais benefícios à região, em detrimento de recuperar o projecto de criação do centro hospitalar da Beira Interior, que também envolvia a ULS de Castelo Branco, Vítor Pereira refere que essa avaliação deve ser feita em primeira instância pelas entidades ligadas ao sector da saúde “é uma questão de todos nos sentarmos à mesa e ouvirmos os responsáveis da saúde ao mais alto nível, a começar pela senhora ministra da saúde, mas também com os responsáveis da ARS e das estruturas locais e todos os protagonistas políticos da região. Se o projecto tiver pés para andar não é por a ideia ser apresentada por um lado ou por outro que é boa ou má. É boa se for exequível”.  

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados