RCB/TuneIn
Domingo, 18 Nov 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
DIOCESE: PROCESSO DE REORGANIZAÇÃO EM CURSO
Rádio Cova da Beira
O bispo da Guarda espera que até final deste ano esteja concluído o processo de reorganização da diocese que começou a ser desenhado no início deste ano. A decisão foi tomada depois da última assembleia diocesana em que foi deliberado elaborar propostas para que, entre outros objectivos, os 92 párocos que existem sejam suficientes para realizar o trabalho pastoral em toda a diocese.
Por Nuno Miguel em 25 de Oct de 2018
No passado mês de Junho foi criada uma comissão multidisciplinar para elaborar essa proposta de reorganização, tendo então D. Manuel Felício afirmado que não era possível manter paróquias com apenas uma centena de habitantes. Em declarações à RCB, o bispo da Guarda refere que todo o trabalho que está a ser desenvolvido tem como grande objectivo dar resposta aos novos desafios “as situações, as pessoas e os ambientes mudam e nós também temos de ajustar os mecanismos de serviço a estas mudanças. Basta saber que desde o último censo de 2016 até 2016 todos os concelhos da diocese da Guarda, incluindo Covilhã e Fundão, diminuíram de população e isso impõe certas atitudes diferentes nesses mecanismos que falava há pouco para servir as populações”. 
Uma das consequências mais visíveis da diminuição da população é o encerramento de escolas que se verificou em toda a diocese. Por isso D. Manuel Felício considera que toda essa situação não pode ser desligada do trabalho que a igreja tem vindo a desenvolver em prol da vivência da fé “na maior parte das freguesias e uniões de freguesias fecharam escolas e fizeram-se centros escolares. Isso é um facto. E para acompanharmos as pessoas na vivência da fé não podemos ignorar isso. Não sei se vamos fazer como eles fizeram, mas alguma coisa temos de fazer. Se numa determina freguesia ou paróquia há duas crianças na catequese, que é um acompanhamento comunitário de descoberta e vivência da fé, tem de se fazer qualquer coisa. Veremos o que se vai fazer perante isto”.       

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados