RCB/TuneIn
Segunda, 21 Jan 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
PCP: DEPUTADA QUESTIONA GOVERNO SOBRE QUESTÕES EDUCATIVAS DO TORTOSENDO
Rádio Cova da Beira
Paula Santos vai questionar o governo sobre quais as razões que levaram o ministério da educação a não autorizar a abertura de quatro turmas na escola do primeiro ciclo no largo da feira, no Tortosendo. A deputada do PCP na assembleia da república esteve reunida com a associação de pais daquele estabelecimento de ensino e vai procurar conhecer as razões que estiveram na base desta situação uma vez que não existiram alterações significativas ao nível do número de alunos inscritos.
Por Nuno Miguel em 17 de Oct de 2018
“Não houve alterações significativas do número de alunos no total, há apenas menos um aluno e há aqui alunos que tem necessidades educativas especiais e aquilo que verificámos é que a reivindicação que é colocada por parte dos pais faz todo o sentido. Importa realçar que também a direcção do agrupamento aquando da planificação da rede escolar colocou a criação de quatro turmas mas isso não foi assegurado quando no ano lectivo passado existiam essas quatro turmas. Naturalmente que iremos questionar o governo e em concreto o ministério da educação sobre esta matéria uma vez que nós não vemos qualquer justificação para esta diminuição do número de turmas”.  
Ainda no âmbito da discussão do orçamento de estado para 2019 a deputada do PCP vai novamente questionar o ministério da educação sobre a construção do espaço desportivo no interior da escola EB 2/3 do Tortosendo. Uma intervenção que faz parte do projecto original de construção daquele estabelecimento de ensino mas que tarda em ser concretizada “do nosso ponto de vista faz sentido que naquela escola exista uma infraestrutura desportiva com o objectivo de responder às necessidades da disciplina de educação física. Não se pode continuar a desvalorizar esta disciplina porque ela é um elemento muito importante na formação e no desenvolvimento das crianças e jovens. Para além de que quando esta escola foi projectada, estava prevista a construção de um espaço com esta finalidade. Estamos a falar de um investimento que é necessário e esta é uma matéria que também vamos levar à assembleia da república, até tendo em conta o debate do orçamento de estado, porque entendemos que faz sentido que seja contemplada verba nesse documento para dar resposta a esta necessidade da comunidade”.   
Para além destas duas situações, a deputada do PCP sublinha que é também necessário que o governo reforce a contratação de assistentes operacionais em todo o país uma vez que o número não é suficiente para fazer face às reais necessidades das escolas bem como a necessidade de reforçar os quadros ao nível de psicólogos, terapeutas e outros profissionais necessários à melhoria do sucesso escolar dos alunos.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados