RCB/TuneIn
Domingo, 16 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
BANDA UNIÃO DE SANTA CRUZ: UM CASO DE LONGEVIDADE
Rádio Cova da Beira
Uma das bandas filarmónicas mais antigas da região e até do país, a União de Santa Cruz (Fundão) comemorou, este fim-de- semana, 216 anos.
Por Paulo Pinheiro em 16 de Oct de 2018

Actualmente constituída por 25 elementos, com idades compreendidas entre os 12 os 49, a Banda Filarmónica da Aldeia Nova do Cabo faz parte da tradição da família Santos. O bisavô do actual maestro integrou o projecto, que foi passando de geração em geração.

Na passagem de mais um aniversário, Luís Santos, garante que o futuro da banda está assegurado, apesar de existirem cada vez menos jovens na região: “Há poucos jovens, a nossa terra está com pouca gente, tanto que a escola primária fechou há dois anos. Temos andado com o pessoal que está, um ou outro amigo, e vamos dando continuidade à filarmónica”.

Em dia de festa, o regente da banda destaca a maior necessidade que a filarmónica enfrenta, a renovação instrumental: “Actualmente, não estamos muitos famosos, precisamos de dois trombones, mais um bombardino, um saxofone alto e um tenor, que já não estão à altura. Temos que remediar por enquanto, a ver se alguém se habilitar a oferecer instrumentos à filarmónica”.  

De pais para filhos, de filhos para netos, a filarmónica União de Santa Cruz continua a ser o ponto de encontro de várias gerações. Há 41 anos a tocar no conjunto, Rui Santos, filho do maestro, espera que a filarmónica perdure por muitos mais anos: “Eu já não me lembro do princípio, porque ainda era muito novo. Mas é bom, é de saudar a malta nova que faz parte da nossa filarmónica, e é bom ver os jovens a continuar este trabalho. Pelo menos, pela quantidade de elementos novos, dá ideia de que vamos continuar por mais alguns aninhos.”

As comemorações dos 216 anos decorreram este domingo, em Aldeia Nova do Cabo, no concelho do Fundão, mais um dia a escrever na “longa” história desta colectividade, que continua a granjear o carinho da população da aldeia e do concelho.

 

c/ Beatriz Cavava 

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados