RCB/TuneIn
Quinta, 13 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
BENFICA VENCE EM VALVERDE
Rádio Cova da Beira
Para a 3ª ronda do campeonato nacional da 1ª divisão e futsal feminino o Benfica venceu o Grupo Desportivo de Valverde, por 2-0, num jogo dominado pelas encarnadas mas com uma réplica de muita qualidade da equipa do concelho do Fundão.
Por José Joaquim Ribeiro em 14 de Oct de 2018

No desporto não há nem nunca haverá derrotas honrosas, mas aquilo que as atletas do GD Valverde fizeram no jogo com as campeãs nacionais merece que seja referido que foram dignas da camisola que envergaram e merecedoras dos aplausos que receberam no final do encontro.

 

Naturalmente, o Benfica foi um justo vencedor, numa partida jogada na grande maioria do tempo na meia quadra de Valverde, no entanto o primeiro golo das encarnadas só foi possível devido a uma desconcentração (infantilidade) da guarda-redes Joana, apontado por Janice Silva à passagem do minuto 12, ela, Joana, que já tinha, até aquele momento, evitado que o Benfica se tivesse adiantado no marcador, com três intervenções de grande qualidade. Como costuma dizer-se: no melhor pano cai a nódoa.

Após o golo das encarnadas a equipa de Valverde, que jogou sempre no erro das adversárias, aventurou-se um pouco mais no jogo e à passagem do minuto 17, quando o Benfica atingiu a 6ª falta, dispôs de uma soberana oportunidade, desperdiçada por Rute Duarte, rematando ao lado da marca dos 10 metros. Foi com o Benfica a vencer por 1-0 que se chegou ao intervalo.

 

Na segunda parte o Benfica manteve a mesma toada de domínio e controlo do jogo e, logo aos 2 minutos iria ampliar o resultado para 0-2, por intermédio de Sara Ferreira, após uma boa combinação com Raquel. Não se pode dizer que, pela quantidade de jogo ofensivo das encarnadas, pela quantidade de remates (muitos sem a direção certa) não era um resultado merecido, no entanto, pela forma como as atletas de Catarina Rondão se estavam a bater, pela entrega ao jogo e pela forma disciplinada como se compensavam umas às outras, o resultado podia estar, nesta altura do encontro, mais nivelado.  

 

Com 18 minutos úteis para jogar os adeptos encarnados que se encontravam no recinto terão pensado que a partir dali tudo iria ser mais fácil e que a goleada, que todos esperavam, iria finalmente acontecer, mas na verdade não foi isso que verificou. Até final não se registaram mais golos e a equipa de Valverde, que a determinada altura parecia estar completamente desgastada, conseguiu revigorar-se com a frescura das menos utilizadas Raquel Fernandes, Daniela Gaspar, Cláudia, Marina e da Raquel Margarida o que permitiu que as mais utilizadas, Rute, Liliana, Ana Vanessa, Rita Curto tivessem mais tempo para descansar e dessa forma lutassem por manter ou mesmo reverter o resultado. Rute Duarte ainda teve nos pés a possibilidade de reduzir quando aos 29’ apareceu na cara de Bety, mas a guardiã encarnada levou a melhor sobre a veterana jogadora de Valverde.

 

Em resumo, o Benfica venceu com mérito, até por que deram muito trabalho, primeiro a Joana Santos e depois a Daniela Furtado, ambas muito seguras na defesa da sua baliza, mas o GD Valverde teria merecido o tento de honra.

 

Na próxima jornada a equipa de Valverde vai jogar no Pavilhão João Rocha com o Sporting.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados