RCB/TuneIn
Domingo, 21 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“NÚMERO DE PROFISSIONAIS ESTÁ ABAIXO DOS MÍNIMOS PERMITIDOS”
Rádio Cova da Beira
O grupo parlamentar do Bloco de Esquerda na assembleia da república enviou uma pergunta ao ministro da saúde no sentido de saber quais as medidas que o governo pretende tomar para fazer face à falta de profissionais de saúde no centro hospitalar e universitário da Cova da Beira.
Por Nuno Miguel em 09 de Oct de 2018
Na pergunta enviada pelo deputado Moisés Ferreira o Bloco de Esquerda sublinha que “pelo que foi possível constatar o número de profissionais é muito abaixo dos mínimos permitidos, violando assim as normais para as dotações seguras e as linhas internacionais que norteiam a gestão hospitalar”, deixando como exemplos “ a existência de apenas um enfermeiro sozinho no turno da noite, na parte da triagem e da emergência, o que é claramente insuficiente, criando uma situação de carência. É também relatada, no hospital do Fundão, a existência de apenas um enfermeiro sozinho, no turno da noite, para 20 utentes em cuidados paliativos”. 
De acordo com o Bloco de Esquerda “a falta de profissionais coloca em causa a possibilidade de assegurar os cuidados de saúde necessários e ameaça encerrar serviços como as especialidades cirúrgicas, de modo a poder distribuir assistentes operacionais e enfermeiros para outros serviços”, sendo que a situação “já se arrasta há vários anos, tendo o número de enfermeiros passado de 420 para 370, o que representa uma perda de 50 profissionais que seriam de toda a importância para garantir a prestação de serviços”.
Nesta pergunta, Moisés Ferreira sublinha que “o conselho de administração recusa prestar declarações e continua a negar o problema dizendo que está em processo a contratação de 18 enfermeiros, número que, perante o cenário, nos parece manifestamente insuficiente”. Por isso o deputado do Bloco de Esquerda quer saber se o ministério da saúde conhece este problema, quais as medidas que o ministério da saúde pretende tomar para fazer face a este problema e também saber se o conselho de administração tem solicitado autorização para a contratação de mais profissionais.   

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados