RCB/TuneIn
Sábado, 15 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
FUNDÃO: FESTIVAL DE COROS ABRE COM MÚSICA TRADICIONAL
Rádio Cova da Beira
Os sons mesclados dos Bombos de Lavacolhos, do Cante Alentejano, das Adufeiras de Idanha-a-Nova e do Grupo Etnográfico do Paul abriram a terceira edição do Festival Internacional de Coros do Fundão.
Por Paulo Pinheiro em 04 de Oct de 2018

O evento, que decorreu no Pavilhão Multiusos da cidade, terminou com a performance de três coros internacionais, vindos da Hungria, Estónia e Finlândia.

Para o presidente da Associação Cultural da Beira Interior, um dos membros da organização e do júri da competição, Luís Cipriano, esta foi uma noite “feliz”, no entanto é a partir de “agora que vem a parte mais difícil”, a competição. Quanto ao concerto de abertura, correspondeu às expectativas.

“Foi aquilo que estávamos à espera, que corresse bem, que as pessoas aderissem como aderiu. Portanto, eu costumo dizer que, musicalmente, esta foi a parte fácil, agora é a doer. É a parte da competição, e realmente aí, os coros, não é que neste concerto não tenham dado o máximo, mas a nível de stress, este momento foi tranquilo, a partir desta quinta-feira, as coisas são de outra maneira.”

Para o presidente da Câmara Municipal do Fundão, Paulo Fernandes, o festival internacional de coros é uma “oportunidade” para a região assistir a “bons” concertos. O autarca salientou a novidade introduzida no concerto de abertura, nomeadamente a apresentação de grupos de música tradicional portuguesa.

“Gostei muito, sobretudo esta ligação entre a nossa música tradicional, esta apresentação das nossas adufeiras, os bombos de Lavacolhos, o cante Alentejo. E depois, também os grupos estrangeiros, um misto entre os coros mais tradicionais e outros de uma escola musical. Esta diversidade, com esta linguagem universal, que é a música, que torna tudo tão próximo e tão possível, eu acho que vai ser extraordinário. E volto a dizer, é uma oportunidade para toda a região ver espectáculos de primeiro nível.”

 

c/ Beatriz Cavaca 

A responsável pelo grupo de adufeiras de Idanha-a-Nova, Maria Rita Abrantes, gostou do que viu e ouviu na abertura do festival: “Foi maravilhoso, foi a primeira vez que viemos, foi a convite do maestro Luís Cipriano, e foi maravilhoso. Isto é espectacular. Foi uma noite feliz e esperamos voltar certamente.”

Esta quinta-feira e sexta-feira decorrem as competições dos 18 coros que estão a concurso. A decorrer desde as 15h, no Seminário do Fundão, estão os coros mistos e coros femininos na “luta” pelo prémio.

Na sexta-feira, pelas 11h, na Igreja Matriz do Fundão, é a vez da música sacra. Na parte da tarde, pelas 15h 30, o género de folclore interpretado pelos coros a concurso é avaliado.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados