RCB/TuneIn
Terça, 18 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FUNDÃO: MIGRANTES VÃO TER PLANO DE INTEGRAÇÃO
Rádio Cova da Beira
A câmara municipal do Fundão aprovou por unanimidade uma moção de solidariedade para com os 19 migrantes que chegaram ao concelho na passada terça-feira. Os 17 homens e duas mulheres que integram este grupo foram resgatados no passado mês de Julho pelo navio “Aquiarius” e estão instalados no edifício do seminário do Fundão.
Por Nuno Miguel em 27 de Sep de 2018
Paulo Fernandes refere que “numa primeira fase está a ser feito o levantamento das situações mais individuais, a componente de apoio psicológico e da saúde para percebermos em que condições as pessoas chegaram e dar uma resposta mais rápida a algum problema que possa ser detectado. Depois temos um plano que se estabelece para 18 meses com uma equipa multidisciplinar permanente que temos, que engloba o apoio psicológico, toda a parte da tradução e também equipas orientadas para promover a sua integração”.     
Esse plano de integração vai ter uma duração de 18 meses e o presidente da câmara do Fundão refere que a principal vertente vai incidir na questão sócio-profissional “a melhor integração possível é sempre sócio-profissional e estando eles integrados num edifício que tem uma quinta bastante interessante, considerámos que um dos programas nessa linha vai estar associado às áreas agrícolas e florestal porque atendendo ao perfil de muitos dos jovens que vêm neste grupo e com qualificações muito baixas, isso pode ser interessante do ponto de vista do seu processo de integração”.  
O autarca fundanense mostra-se convicto que estes 19 migrantes vão ter um bom acolhimento por parte das populações de todo o concelho. O grupo é composto por pessoas oriundas da Eritreia, Nigéria, Iémen e Sudão.  

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados