RCB/TuneIn
Sábado, 15 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“DIREITO DE OPOSIÇÃO NÃO TEM SIDO RESPEITADO”
Rádio Cova da Beira
A concelhia do PSD da Covilhã vai avançar com uma participação contra a câmara municipal junto da direcção geral das autarquias locais. A decisão foi confirmada à RCB pelo líder da comissão política no final da última reunião da assembleia de militantes onde o assunto foi abordado.
Por Nuno Miguel em 25 de Sep de 2018

De acordo com Luís Santos em causa está o facto de o actual executivo não estar a proceder à entrega, tal como a lei determina, da documentação de suporte às reuniões do executivo e que apenas é disponibilizada aos vereadores “esse é um assunto que brevemente iremos levar às entidades competentes, nomeadamente à direcção geral das autarquias locais, porque enquanto partido que tem assento na assembleia municipal temos direito a ter acesso á documentação que vai às reuniões do executivo. Por várias vezes já solicitámos acesso a essa documentação e esse direito não tem sido respeitado. Por isso vamos fazer uma participação às entidades competentes para poder usufruir desse nosso direito político. Vamos enviar a documentação que temos enviado à câmara municipal e as respostas que nos deram que não correspondem ao cumprimento do pleno direito ao exercício do direito de oposição”.  

 

Os social democratas estão ainda a avaliar a possibilidade de avançar com uma outra participação à DGAL, relacionada com a integração de trabalhadores precários nos quadros da autarquia covilhanense. Isto porque alguns elementos que integram a assembleia municipal não poderiam pronunciar-se sobre o tema devido a algumas incompatibilidades “há uma situação relacionada com os precários conforme os eleitos do PSD tem afirmado ao longo das últimas assembleias municipais. Estamos a estudar essa situação e se entendermos que ela também deve ser encaminhada para as entidades competentes é isso que vamos fazer. Estamos a aguardar a aprovação da acta relacionada com a integração dos precários nos quadros da câmara municipal para podermos agir em conformidade”.  


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados