RCB/TuneIn
Quarta, 19 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA: “É PRECISO COORDENAÇÃO NA PREVENÇÃO”
Rádio Cova da Beira
No ano passado foram apresentadas 408 participações por violência doméstica em Portugal e detidas 53 pessoas, indiciadas por este tipo de crime, todas do sexo masculino.
Por Paula Brito em 23 de Sep de 2018

Um número que está longe de corresponder à realidade, uma vez que há muitas vitimas que não denunciam a situação às autoridades. Os dados da Agência dos Direitos Fundamentais da União Europeia demonstram um flagelo à escala europeia

 

“Os dados indicam-nos que 24% das mulheres em Portugal afirmaram ter passado por alguma experiência de violência física ou sexual desde os 15 anos e que 32% já sofreram alguma experiência de assédio sexual. É fundamental todos os agentes, Governo, autarquias, serviços públicos, as forças de segurança e a sociedade civil, se empenham de forma coordenada na prevenção da violência”, afirma a Secretaria de Estado para a Cidadania e Igualdade.

Além do apoio às vítimas é preciso actuar a montante garantindo a segurança dos espaços públicos. Rosa Monteiro diz que e preciso levar a igualdade para o urbanismo e mobilidade, uma vez que o espaço público continua a ser mais perigoso para as mulheres do que para os homens

 

“Esta é uma dimensão extremamente inovadora que temos que trazer para o debate público em torno das políticas de igualdade. Temos também que questionar os nossos sistemas de mobilidade e de transportes, sabendo que são as mulheres quem mais usa os transportes públicos e quem tem mais dificuldade de mobilidade: Onde fica localizada a paragem? Os percursos e horários das carreiras estão adaptados aos ritmos de trabalho?”, questiona a governante que deixa o exemplo da localidade espanhola de Vigo “onde os táxis se comprometem a esperar até a mulher entrar em casa”.    

 

Rosa Monteiro falava na sessão de abertura do seminário promovido pela Coolabora, na UBI, sobre a perspectiva do género nas políticas municipais e a segurança e prevenção no espaço publico. A governante considerou a Cova da Beira exemplar por trabalhar "há décadas de forma articulada esta questão.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados