RCB/TuneIn
Sábado, 15 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
AD FUNDÃO VENCE NA BURINHOSA
Rádio Cova da Beira
Um grande jogo, com muitos golos, muita entrega de todos os intervenientes e, para o público, seguramente, um hino ao futsal. Depois do desaire da primeira jornada a Desportiva venceu o primeiro jogo da nova época no Campeonato Nacional da 1ª divisão
Por José Joaquim Ribeiro em 22 de Sep de 2018

CAMPEONATO NACIONAL DA 1ª DIVISÃO - LIGA SPORTZONE - 1ª JORNADA

 

BURINHOSA 5-8 A.D. FUNDÃO

 

Começou a partida, com os técnicos a apresentarem como cinco inicial, João Azevedo, Lazarevic, Espanhol, Marquinhos e Matheus, por parte da Burinhosa e Júlio César, Eskerda, Márcio Moreira, Gui e Pauleta, por parte da ADF.

 

2' 1-0 Matheus. Canto a favor da Desportiva, Lazarevic interceptou a bola, serviu no lado contrário Matheus, que na cara de Júlio César, não perdoou.

 

4' 2-0 Matheus. Livre fontal, três homens na barreira mas Matheus conseguiu fazer passar a bola e anichar-se no fundo das redes.

 

9' 2-1 Mário Freitas. Livre a favor da Burinhosa, Mário Freitas inteceptou a bola, correu ao encontro do guardião contrário e na cara de João Azevedo não desperdiçou e colocou alguma justiça no marcador.

 

19' 3-1 Matheus. Livre de 10 metros. A Desportiva já estava com 5 faltas desde o minuto 10, a um do final da 1ª parte Gui faz o 6ª falta e Matheus não desprdiçou para voltar a dar dois golos de vantagem à sua equipa.

 

Intervalo, a Burinhosa vai vencendo, por 3-1, numa primeira parte com mais situações de perigo junto da baliza de Júlio César. O jovem guardião esteve muito bem e evitou males maiores.

 

Já se joga a segunda parte.

 

21' 3-2 Pauleta. Jogada de envolvimento, num ataque planeado dos fundanenses, a bola chega a Pauleta que baila sobre um adversário e remata sem hipótese para João Azevedo.

 

23' 3-3 Pauleta. Jogada coletiva, com a bola a circular por Eskerda, Mário Freitas, Márcio Moreira e assistência para Pauleta, que colocou o resultado empatado a três

 

25' 3-4 Eskerda. Remate exterior com a bola a ser desviada na trajectória e a anichar-se no fundo das redes. Em cinco minutos a Desportiva deu a volta ao resultado. 

 

29' Gui foi expulso, por duplo amarelo. A Desportiva fica a jogar com menos uma unidade durante dois minutos.

 

30' 4-4 Lazarevic. A jogar com menos uma unidade a equipa da Burinhosa conseguiu tirar vantagem deste facto e chegou à igualdade

 

34' 4-5 Paulinho Rocha. Pauleta desenvencilhou-se de um adversário, serviu no lado contrário Paulinho que não desperdiçou e volta a dar vantagem aos fundanenses

 

34' 4-6 Parente. Allan descobriu que entrava Parente no lado contrário, colocou lá a bola e fixo fundanense não perdoou.

 

35' 5-6 Marquinhos. Remate em diagonal a surpreender o guardião Júlio César.

 

37' a Burinhosa começou a jogar de 5x4, com guarde-redes avançado.

 

39' 5-7 Pauleta. Pauleta inteceptou a bola a um adversário, caminhou para a baliza deserta e fez o 7º dos fundaneneses.

 

39' 5-8 Mário Freitas. Perda de bola e Mário Freitas a rematar para a baliza deserta.

 

Terminou o encontro com a vitória dos fundanenses, por 8-5.

 

Num jogo com 13 golos só pode ser um jogo de grandes emoções e de grande aplicação dos atletas que estiveram neste encontro. A Desportiva do Fundão não entrou bem neste jogo. Permitiu que o adversário aproveitasse alguns erros comprometedores e chegasse ao intervalo a vencer por 3-1. O resultado não correspondia ao que as duas equipas tinham feito, em termos de qualidade de jogo, mas o erros foram fatais. Na segunda parte a equipa de João Nuno e Nuno Couto entrou na quadra com uma postura mais ambiciosa e isso refletiu-se na reviravolta que o marcador acabaria por sofrer. Nem a expulsão de Gui desuniu a equipa e o avolumar do resultado foi a consequência dessa união, da qualidade da equipa e também, pela estratégia de guarda-redes avançado utilizada pelo técnico Alex Pinto.

 

Colectivamente a equipa fundanense esteve muito bem, principalmente na segunda parte, mas o repórter RCB que fez o relato, destacou as excelentes exibições de Pauleta, não apenas pelos três golos apontados, mas sobretudo pelos desequilíbrios que permitiram fazer a reviravolta no marcador e também, do jovem guarda-redes, Júlio César. Uma estreia a deixar indicações de qualidade. Júlio César veio para a equipa de sub20 mas está a mostrar aptidões que o vão levar a discutir a titularidade na equipa principal com Luiz Gustavo, Costinha e Rafa

 

No próximo sábado e para a 3ª jornada a Desportiva vai receber a equipa da Quinta dos Lombos.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados