RCB/TuneIn
Domingo, 21 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CHCB ASSINALA DIA DA DOENÇA DE ALZHEIMER
Rádio Cova da Beira
Preocupação com os cuidadores dos doentes com Alzheimer marcou sessão promovida pelo Centro Hospitalar da Cova da Beira (CHCB) que trouxe à Covilhã o presidente da Associação de Alzheimer de Porto Rico para partilhar experiencia desenvolvida naquele país.
Por Paula Brito em 21 de Sep de 2018

Outras da categoria:

 

Em Porto Rico existem 30 grupos de cuidadores informais de doentes com Alzheimer, em 30 localidades diferentes, que reúnem todos os meses para beberem informação sobre como lidar com a doença, partilharem experiencias ou simplesmente desabafarem.

“Reúnem para saber, primeiro o que é o Alzheimer, as etapas que tem, como se trata de um doente de Alzheimer, por exemplo, levamos uma enfermeira que ensina uma coisa que parece simples, como virar um doente na cama, ou sobre a medicação, não só dos medicamentos da doença mas a interferência com outros”. Explicou o presidente da Associação de Alzheimer de Porto Rico, José Alberto Silva.

Além de beberem estas informações os cuidadores partilham experiências, “às vezes chegam a chorar e saem sabendo que podem fazer a sua vida porque há alternativas, depois o intercâmbio entre todos é uma parte importante da reunião e apesar de caso ser um caso, partilham como dar o banho, a alimentação, etc.”

Por cá continua a espera pelo estatuto do cuidador informal. O coordenador do plano para as demências, José Carreira, lamenta que não haja data nem compromisso questionando “porque razão uma avó recebe um subsídio para assistência ao neto e um filho que cuida de um pai doente de Alzheimer não?”

Apesar de, ao Centro Hospitalar caber cuidar dos doentes, João Casteleiro entende que não pode estar alheio aos cuidadores informais. Nesse sentido a experiencia trazida de Porto Rico, pode ser útil e replicada na região.

“Sabemos que dentro de pouco tempo três quartos da nossa população está numa idade em que pode ter uma doença destas, temos que nos preparar.”

Em Portugal estima-se que entre 160 a 185 mil pessoas sofram algum tipo de demência, sendo a de Alzheimer a predominante.

Uma sessão de esclarecimento onde a neurologista Marta Arenga, deixou alguns conselhos para prevenir a doença cognitiva e que passam por cuidar do coração, fazer exercício físico, uma dieta saudável, estimular o cérebro, ter actividade social e se for o caso, tratar a depressão.   


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados