RCB/TuneIn
Terça, 11 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
NOITES SAUDÁVEIS NAS CIDADES DO CENTRO
Rádio Cova da Beira
Evitar a existência de abusos nos consumos de bebidas alcoólicas e substâncias ilícitas assim como contribuir para uma melhor segurança rodoviária por parte dos condutores mais jovens são alguns dos principais objectivos deste projecto, que resulta de uma parceria entre o centro hospitalar e universitário de Coimbra e o instituto europeu para o estudo dos factores de risco.
Por Nuno Miguel em 16 de Sep de 2018
O projecto foi recentemente apresentado na biblioteca municipal da Covilhã e em declarações à RCB o seu coordenador sustenta que, numa primeira fase, pretende capacitar as entidades locais por forma a estarem preparadas a prevenir a existência de comportamentos de risco “este projecto tem como grandes objectivos a prevenção relativamente às questões da violência interpessoal, ao abuso de álcool, ao consumo de substâncias ilícitas e à sensibilidade rodoviária. São as áreas alvo deste projecto que conta com um conjunto de entidades com experiência nestas áreas, desde as faculdades à ligação ao desporto às artes e à saúde, com o intuito de capacitar com vista à prevenção dos factores de risco associadas a estas problemáticas e também tendo em vista potenciar o aparecimento de redes que permitam dar continuidade à iniciativa”.   
Várias entidades do concelho, como representes de agrupamentos de escolas, IPSS´S, forças de segurança e juntas de freguesia marcaram presença nesta iniciativa a quem foi distribuído um inquérito para analisar a situação actual. João Redondo acrescenta que “quando tivermos os resultados deste inquérito vamos aferir necessidades e então negociar, dentro do leque de estratégias que propomos, o que pode ser interessante para a região. O instituto europeu para os factores de risco tem imenso trabalho feito no terreno nesta matéria e partindo de um conjunto de estratégias que já estão validadas e com guiões específicos e aquilo que nós pretendemos é poder encontrar as melhores respostas dentro das especificidades que vierem a ser detectadas em cada uma das 21 cidades que integram este projecto”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados