RCB/TuneIn
Domingo, 16 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ALPEDRINHA: PORMENORES ATRASAM MUDANÇA DA GNR
Rádio Cova da Beira
Em Alpedrinha, as novas instala√ß√Ķes do quartel da GNR esperam, h√° cerca de dois anos, pela transfer√™ncia do posto que funciona na casa do povo da vila.
Por Paula Brito em 11 de Sep de 2018

Outras da categoria:

 

O novo quartel resultou da requalificação e adaptação do edifício do antigo mercado e, segundo Paulo Fernandes, a abertura do novo posto aguarda apenas algumas adaptações que o comando nacional da GNR pretende fazer no local. Pormenores que estão a atrasar a mudança.

“Questões simples como a mudança de uma porta, a questão de uma sala que tinha uma função que tinha que ser alterada, algumas componentes que têm a ver com a parte eléctrica, estamos a falar de coisas que, todas somadas, não chegam a 3 a 4 mil euros, estamos a falar mesmos de pormenores.”

O presidente da câmara do Fundão diz que já se disponibilizou para ser o município a resolver os pormenores da adaptação, mas o comando nacional chamou a si a tarefa que tem arrastado a mudança dos efectivos para a nova casa.

“É até um pouco injustificável como é que esta questão se pode arrastar. Nós já manifestámos toda a disponibilidade para o que for necessário, o comando diz que está a fazer isso de forma interna, esperamos que com este espírito de cooperação e paciência na cooperação, se consiga levar esta intervenção a bom porto.”

Uma situação incompreensível que o autarca espera ver resolvida em breve. Tal como o presidente da junta de freguesia, Carlos Ventura, que aproveitou o dia de Alpedrinha, associado ao 6.º aniversário da entrega da imagem de S. Jorge, para deixar à RCB, este como um dos exemplos das prioridades da vila.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados