RCB/TuneIn
Domingo, 17 Fev 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
COUTADA: AUSÊNCIA DE VEDAÇÕES PREOCUPA PAIS
Rádio Cova da Beira
Alguns encarregados de educação das crianças que frequentam o Jardim Infância e EB 1º Ciclo da Coutada, no concelho da Covilhã, mostram-se preocupados com a falta de segurança na escola.
Por Paulo Pinheiro em 11 de Sep de 2018

Um dos encarregados de uma das crianças, Fernando Pereira, realça que os muros da escola não possuem “qualquer” tipo de vedação, o que constitui um perigo para as crianças.

 

Em consequência da ausência de qualquer tipo de protecção uma das teve que se descolar ao hospital devido a “hematomas” resultantes de uma queda: “Há ali paredes sem vedação nenhuma e eles brincam mesmo ao lado dessas paredes que não têm protecção. Este menino já caiu de lá para baixo e teve que ir às Urgências com um hematoma na cabeça”.

 

Fernando Pereira afirma que já contactou a junta de freguesia, no entanto, a falta de dinheiro da autarquia não permite a realização de obras na Escola EB 1º Ciclo da Coutada: “Já falei com o presidente da Junta, pelo menos umas duas ou três vezes, e dizem que não têm dinheiro para resolver a situação. Eu acho que com 100 euros resolvem aquilo e evitam estes problemas. Não sou só eu, os outros pais também já falaram só que ninguém quer saber”.

 

Fernando Pereira é um dos encarregados de educação que está preocupado com a segurança do seu filho, e que espera que esta situação se resolva, o mais rápido possível. 

 

Contactado pela RCB, o presidente da União de freguesias de Barco/Coutada sublinha que o assunto foi encaminhado há três meses para a Câmara Municipal da Covilhã, dado que é a autarquia que supervisiona o primeiro ciclo do ensino básico.

 

Com Beatriz Cavaca 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados