RCB/TuneIn
Quarta, 26 Set 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
"√Č O LIVRO DA MINHA VIDA"
Rádio Cova da Beira
‚ÄúO Documento Antigo: uma outra forma de ver os seguros‚ÄĚ √© o t√≠tulo do mais recente livro de Jo√£o de Jesus Nunes, apresentado no passado s√°bado na Covilh√£, quatro anos e 900 p√°ginas depois.
Por Paulo Pinheiro em 11 de Sep de 2018

A obra conta a história do seguro numa primeira parte, desde a Antiguidade até finais do século XVII. Na segunda, desde os primórdios da empresa “Liberty Seguros” em Portugal, até aos dias de hoje.

Na cerimónia de apresentação, o CEO da Liberty Seguros, Rogério Bicho, garante que é uma obra “desafiante” pelo seu carácter destemido. “É uma obra arrojada e que tem muito trabalho. Tem também uma componente muito pessoal do João Nunes, porque manifesta algumas ideias e opiniões próprias sobre os seguros.”

Para o Presidente da Câmara Municipal da Covilhã esta é uma obra que reflecte a “continuidade de bons” livros que o escritor covilhanense tem feito, e destaca o carácter “inovador” e romanesco que João Nunes deu à história dos seguros.

 “O facto de alguém com o talento para escrever, para nos dar pormenores, o seu conhecimento é extraordinário e temos o nosso querido conterrâneo. E esta obra vem, de facto, inovar e trazer uma realidade que muita gente desconhecia. E ele fala de uma forma abrangente, não apenas de uma forma circunstanciada e faz um relato romanceado da história dos seguros”.

De acordo com o autor, a obra demorou quatro anos para ser “construída”. João de Jesus Nunes realça que “história dos seguros tem uma profundidade e conhecimentos que não se consegue descrever em grandes sínteses, mas fica o trabalho inserido neste livro que poderá ser objecto de consulta para interessados em desenvolver matérias de estudo e simples curiosidade”, considerando esta obra como o livro da sua vida “porque eu não escrevi uma obra tão complexa e tão grande. Já escrevi uma obra sobre os bombeiros que tem muito mais páginas, mas que era diferente. Este é de um trabalho complexo, porque há datas divergentes, há situações que têm nomes também diferentes, opiniões diferentes e reunir tudo em consenso é complicado”.

“O Documento Antigo: uma outra forma de ver os seguros” é a última obra de João de Jesus Nunes, que confessa estar já um pouco “cansado”. 

 

Com Beatriz Cavaca 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados