RCB/TuneIn
Terça, 23 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
"N?O FIQUEI SURPREENDIDO"
? desta forma que o presidente da c?mara da Covilh? reage ao an?ncio do governo em suspender as 5 novas concess?es rodovi?rias para o pa?s entre as quais est? inclu?da a nova travessia da Serra da Estrela.
Por Nuno Miguel em 12 de Feb de 2010

Carlos Pinto diz que "nunca mostrei grande entusiamo face a esse anúncio uma vez que o modelo escolhido para a construção dessas estradas deixava antever um desfecho deste tipo. O governo podia lançar algumas obras mais pequenas e sem tanto impacto financeiro, como por exemplo o Covilhã-Unhais do ic 6, mas optou por incluí-lo num pacote enorme de estradas para justificar o facto de não fazer nada".

O autarca covilhanense vai mais longe nas críticas e acusa de ter promovido este anúncio "de uma forma irresponsável uma vez que não se pode lançar um pacote de estradas e 5 meses depois dizer que não há dinheiro para as fazer. Parece-me que terá sido um anúncio feito apenas com objectivos eleitorais".

Na internet já foi lançada uma petição para reivindicar a construção dos ic´s 6, 7 e 37. O documento, que em 24 horas já recolheu mais de 200 assinaturas, considera que a suspensão de construção destas novas estradas é "uma machadada" nas expectativas de desenvolvimento do interior. 



  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados