RCB/TuneIn
Terça, 23 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
NEG?CIO FECHADO
A c?mara municipal da Covilh? j? acordou a acordo com os propriet?rios do Teatro Cine para a compra do im?vel por um valor pr?ximo dos 2 milh?es de euros
Por Nuno Miguel em 11 de Feb de 2010

O anúncio de que a autarquia iria avançar para a compra do imóvel foi feito por Carlos Pinto no dia 20 de Outubro de 2007. O presidente da câmara da Covilhã tornava pública a ideia de abandonar a construção de um novo centro de artes e a intenção de recuperar o edifício e transformá-lo no teatro municipal da Covilhã.

Dois anos depois, na campanha eleitoral para as autárquicas de 2009, Carlos Pinto garantia que o negócio estava praticamente concluído e o contrato só viria ser assinado depois da realização desse acto eleitoral.

A proposta foi agora apresentada na última reunião privada do executivo e contempla a aquisição de todo o edifício à excepção do espaço do antigo “Café Montalto”, onde actualmente funciona uma instituição bancária por um valor a rondar os 2 milhões de euros.

Para Vítor Pereira, líder da bancada do PS, "a primeira vista este este é um excelente negócio que a autarquia concretizou depois de vários meses de conversações. Trata-se de um edifício histórico e que pode dar um grande contributo à dinamização do centro da cidade".

A assinatura do contrato de aquisição do imóvel deve ser celebrada nas próximas semanas e o presidente da autarquia vai convocar uma reunião extraordinária para que a câmara se possa pronunciar sobre o tema antes da conclusão do negócio. Até lá Carlos Pinto garante que não vai fazer comentários públicos sobre o assunto "já prestei hoje informações ao executivo sobre a forma como as negociações decorreram, mas só posso acrescentar mais promenores depois da assinatura do contrato".

Logo que o contrato seja assinado, a autarquia vai avançar com o projecto de requalificação do imóvel. Um investimento de 7 milhões de euros que contempla a redução da lotação da sala de 1000 para 600 lugares, o aumento da área de palco e a construção de 3 novas salas; funcionamento também como centro de espectáculos e congressos.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados