RCB/TuneIn
terça, 27 set 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
NOVO LIVRO DE LOPES MARCELO
Rádio Cova da Beira
“À Lareira da Memória” é o mais recente livro de Lopes Marcelo, que resulta de um trabalho de pesquisa do Cancioneiro tradicional de Aranhas, de onde é natural, e dos testemunhos e saberes de nove utentes da Academia Sénior de Penamacor.
Por Paulo Pinheiro & Paula Brito Batista em 20 de Aug de 2018

No convite para dar aulas na Academia, o escritor recorda que uma das condições para o aceitar passava pela criação de áreas ligadas à etnografia, economia regional e ao património da cultura popular. O resultado foi então a criação do espaço “Pauta das Tradições.

Em entrevista à RCB, Lopes Marcelo explica como começou o processo da partilha de vivências. “Quando estava reunido com as senhoras idosas, eu dizia que isto não é uma aula, contem lá os vossos testemunhos de vida, aquilo que se lembram. Quer dizer, é toda uma partilha, uma vivência cultural extraordinária e não há dinheiro que pague.”

O objectivo da “Pauta das Tradições”, ao fim de três anos resultou na obra “À Lareira da Memória”, que é a “confluência de afluentes de memórias de modo a preservá-las e dignificá-las”, afirma o escritor. Lopes Marcelo realça a quantidade de material registado: “Fiquei surpreendido com a quantidade de rezas, orações, ditos. As 101 cantigas do cancioneiro popular, quer estas quer todos os outros textos, nunca foram publicados. Os que estavam nos ranchos não vieram para aqui, são originais, completamente genuínos”.

Constituído por vários capítulos, no livro encontram-se canções populares, expressões, ditos populares, rezas e orações da região de Penamacor. O autor da obra exemplifica duas das quadras que o surpreenderam mais: “Destas recolhas genuínas, uma quadra de uma cantiga popular que se chama “Já lá vai Abril e Maio”

Passarinho das três assas

Dá-me uma, quero voar

Quero ir ao céu em vida

À vinda torno-ta a dar

Com uma certa ironia, do “Enamoramento”

Esta noite há-de chover

Uma chuva miudinha

Se chover na tua cama

Vem amor, a ter à minha”

Para além do livro, neste momento, estão já a ser gravadas em estúdio as músicas do cancioneiro tradicional presentes na obra, que vão ficar registadas em cinco ou seis cd’s.

 

c/ Beatriz Cavaca 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados