RCB/TuneIn
Quinta, 04 Mar 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
NOVO PROGRAMA DE APOIO À REFLORESTAÇÃO
Rádio Cova da Beira
O secretário de estado das florestas anunciou em Oleiros a abertura de uma nova medida para a revitalização das áreas ardidas nos incêndios florestais de 2017. Em visita em edição deste ano da feira do pinhal, Miguel Freitas refere que se trata de um programa com uma dotação orçamental de 12 milhões de euros para toda a região centro, sendo que quatro milhões vão ser direccionados exclusivamente para os territórios do Pinhal Interior.
Por Nuno Miguel em 17 de Aug de 2018
“Acabámos de abrir uma nova medida que tem uma dotação de 12 milhões de euros para a região centro mas que tem quatro milhões dirigidos exclusivamente para o Pinhal Interior. Essa medida vai permitir recuperar áreas ardidas, fazer regeneração nacional e também substituir eucalipto por outras espécies de crescimento mais lento”. 
O governante acrescenta que esta nova medida vem complementar dois outros programas, cujas candidaturas vão estar abertas até final do mês de Agosto, e que pretende incentivar os produtores florestais a apostar em espécies de crescimento mais lento e a fazer a renovação da área de pinhal “a primeira medida que abrimos pretende, nas zonas de protecção, dar uma resposta aos produtores que pretendem substituir as espécies de crescimento mais rápido por espécies de crescimento lento. Nesse sentido poderão os investimentos numa medida agro florestal e que contempla um apoio de cinco anos ao rendimento. A outra medida, cujo prazo termina no final deste mês, pretende apoiar a substituição dos pinheiros mais envelhecidos por novas áreas de pinhal e nas zonas onde não há substituição natural isso pode ser feito de imediato com este apoio que já foi disponibilizado”.   
As primeiras duas medidas representam um investimento global de cinco milhões e meio de euros que, de acordo com Miguel Freitas, pretendem criar meios para uma mudança significativa da floresta em Portugal, sublinhando que a problemática dos incêndios não se resolve apenas com a aposta que está a ser feita na prevenção.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados