RCB/TuneIn
Sexta, 19 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PRODUÇÃO DE VINHO CAI 30%
Rádio Cova da Beira
Na Cova da Beira, a produção de vinho deve sofrer este ano uma quebra de mais de 30%, devido ao intenso calor que se fez sentir na última semana na região.
Por Paulo Pinheiro em 10 de Aug de 2018

Outras da categoria:

De acordo com o Instituto da Vinha e do Vinho (IVV), a produção em 2017/2018 na Beira Interior foi de 190 milhares de hectolitros. Dias antes do calor extremo, estavam contabilizados cerca de 133 milhares de hectolitros de vinho produzidos na região.

José Martins Carvalho, um dos produtores e associado da Adega Cooperativa do Fundão, afirma, em declarações ao CM, que “o granizo no início do verão destruiu uma boa parte da vinha, mas o pior foi a onda de calor da última semana que provocou um escaldão já depois da desfolha.”

O produtor declara que “os cachos mais expostos ao sol queimaram e mumificaram e, mesmo com tratamentos, que representam uma despesa extra, grande parte fica inutilizável.”

Trata-se de um problema a nível nacional que, segundo a previsão do IVV citado pelo CM, vai provocar uma quebra de 3% da produção de vinho no país em comparação ao ano passado.

 

 

c/ Beatriz Cavaca 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados