RCB/TuneIn
Sábado, 06 Jun 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FESTÊXTIL PRETENDE RECORDAR PATRIMÓNIO
Rádio Cova da Beira
A união de freguesias de Cebolais de Cima e Retaxo vai promover, no próximo fim de semana, a primeira edição do festival dos têxteis. Animação, gastronomia e várias actividades relacionadas com aquele sector são os pontos altos desta primeira edição do certame que vem substituir a feira “Maravilhas da Doçaria” que se realizava anteriormente.
Por Nuno Miguel em 25 de Jul de 2018
José Augusto Alves, vice presidente da câmara de Castelo Branco, sublinha que a aposta na realização deste novo evento pretende valorizar um património que já teve uma importância preponderante na dinamização económica desta união de freguesias “estamos a falar de um sector que, na década de 60 do século passado, tinha a funcionar cerca de 60 unidades fabris que empregavam mais de mil pessoas. Cebolais de Cima e Retaxo foram durante muitos anos um importante polo industrial ligado a este sector e com base neste elemento aglutinador vamos realizar este festival com claro enfoque nos têxteis. Altera-se o conceito do evento «maravilhas da doçaria», que foi abandonado e desta forma vamos procurar divulgar a identidade muito própria desta união de freguesias e a importância que os têxteis assumem para estas populações. Queremos também promover a actividade económica dos sectores tradicionais, potenciar novas oportunidades de negócio, fomentar a transferência de conhecimento dos ofícios ligados ao têxtil e ainda vivenciar as nossas freguesias”.    
A realização do “Festêxtil” coincide com a comemoração do primeiro aniversário do museu dos têxteis, localizado em Cebolais de Cima, e que durante o fim de semana vai estar de portas abertas ao público onde vão ser realizados vários workshop´s, exposições e ainda visitas guiadas ao parque de maquinaria. Miguel Vaz, presidente da união de freguesias acredita que estão reunidas todas as condições para o sucesso da iniciativa “vamos ter mais de 40 expositores, cinco tasquinhas e um restaurante para poder dar resposta às solicitações de quem nos visitar. Para além disso também foi desenhado um programa cultural para que esta festa tenha animação durante todo o tempo. É também importante envolver o «Mutex» nesta festa, numa altura em que está a completar o seu primeiro aniversário. É um espaço que já foi visitado por muita gente mas tenho a certeza que mais pessoas vão por ali passar durante estes dias. É um espaço que temos cada vez mais de promover porque é a nossa identidade ligada aos têxteis que ali está representada”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados