RCB/TuneIn
Domingo, 21 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
EDIFÍCIO “PRECISA DE UMA NOVA VIDA”
Rádio Cova da Beira
A casa do Benfica na Covilhã espera ver resolvido, de uma vez por todas, o impasse gerado a propósito da cedência do edifício da “Tinturaria” à colectividade.
Por Nuno Miguel em 15 de Jul de 2018

Outras da categoria:

Embora o pedido formal nunca tenha sido efectuado, a cedência do imóvel chegou a ser anunciada no passado mês de Dezembro por José Armando Serra dos Reis. No entanto o vereador na autarquia covilhanense recuou nessa intenção poucos dias depois uma vez que não tinha existido qualquer deliberação nesse sentido por parte da autarquia ou da assembleia municipal.
Em declarações à RCB, o presidente da direcção da casa do Benfica sublinha que o edifício da “Tinturaria” continua praticamente sem qualquer actividade e a sua cedência permitiria dar uma nova dinâmica ao imóvel “gostaria muito que a câmara municipal pensasse, de uma vez por todas, em dar uma nova vida ao edifício que está aqui à frente da nossa sede e lhe pudesse dar alguma utilidade. É verdade que nós nunca o pedimos formalmente. Houve algumas conversas informais nesse sentido mas o pedido formal nunca foi efectuado. É preciso dar uso a este edifício porque aquilo que está aqui é um mamarracho, que a maior parte das vezes está fechado, vai tendo algumas exposições temporárias mas era importante que viessem cá e contassem as pessoas que lá entram”.  
Carlos Serra acrescenta que a intenção da colectividade passava por manter a actual galeria de exposições, mas dotar o edifício de um conjunto de outras valências na área cultural e desportiva “a nossa ideia é transformar o edifício numa casa cultural. Da nossa sede a única valência que seria transferida era a loja do Benfica. De resto, quando fizemos o estudo dessa possibilidade, seria mantida a galeria de exposições, seria acrescentado um auditório e iriamos dar actividade ao resto do edifício. Esse foi o compromisso que nós assumimos e que mantemos caso o imóvel nos venha mesmo a ser cedido”.  

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados