RCB/TuneIn
Segunda, 19 Nov 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
MINISTRO VEIO MOSTRAR OBRA
Rádio Cova da Beira
O Ministro das obras p√ļblicas veio mostrar que o investimento p√ļblico na ferrovia est√° no terreno, sobretudo no interior no pa√≠s. Pedro Marques visitou as obras de electrifica√ß√£o da linha da Beira Baixa, entre Covilh√£ e Guarda, no dia da desmontagem da ponte sobre o rio Z√™zere.
Por Paula Brito em 09 de Jul de 2018
 “Agora podemos ver obra concreta no terreno e obra pesada, estamos na fase da substituição das pontes entre a Covilhã e a Guarda, e vamos ter muito trabalho aqui a acontecer ao longo de um ano.” Segundo o ministro, a linha entre Covilhã e Guarda estará a funcionar, com comboios a circular, durante o terceiro trimestre do próximo ano.

Da obra faz parte um quilómetro e meio de novo troço que vai ligar as linhas da Beira Baixa e Alta alterando, no entender do governante, a geografia do interior do país.

“Os investimentos mais significativos estão a acontecer mais próximo da fronteira com Espanha, porque acreditamos que, o que muitos chamam de interior é apenas o espaço mais próximo de Espanha e tem um potencial económico enorme.”

Na Guarda, o ministro deu o pontapé de saída para a modernização da linha Beira Alta com o lançamento do concurso para a empreitada de modernização do troço entre Guarda e Cerdeira, e um concurso de toda a sinalização da rede ferroviária nacional.

“Hoje assinalamos o arranque de mais 75 milhões de euros de investimentos na nossa rede ferroviária nacional destes mais de dois mil milhões de euros do Ferrovia 2020.”

O ministro das obras públicas disse ainda, na Covilhã, que em breve haverá notícias sobre as portagens nas ex-scuts quando questionado para quando a redução de 30% anunciada para as empresas. “Em breve terá notícias sobre essa matéria” referiu o ministro.

No dia em que o ministro das obras públicas visitou a região começaram os trabalhos de limpeza das bermas na EN 18 entre Covilhã e Belmonte. Sobre esta matéria, Pedro Marques disse que o governo está a desenvolver um “esforço muito grande” para fazer o seu trabalho sobretudo em zonas de maior risco de incêndio.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados