RCB/TuneIn
Sábado, 15 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
“NÃO HAVERÁ ENCERRAMENTO OU PERDA DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS”
Rádio Cova da Beira
É a garantia do Centro Hospitalar da Cova da Beira (CHCB) na sequência da passagem das 40H para as 35 H de funcionários em regime de contrato individual de trabalho naquela unidade hospitalar.
Por Paulo Pinheiro em 06 de Jul de 2018

Em comunicado, e após análise de todas as situações integradas neste âmbito, o Centro Hospitalar Cova da Beira revela ter identificado “a necessidade de contratação de recursos humanos das várias classes profissionais afectadas, dado o natural impacto que esta alteração comporta”.

 De acordo com o CHCB, o impacto está a ser minimizado “com a habitual compreensão e elevado profissionalismo de todos os colaboradores” daquele Centro Hospitalar, e com “a já iniciada contratação de pessoal, designadamente enfermeiros, assistentes operacionais e tsdt em contrato de trabalho sem termo, estando a aguardar autorização para encetar várias outras contratações, no mais breve espaço de tempo”, adianta.

 

“No CHCB não haverá qualquer encerramento ou perda de serviços especializados mas sim a estruturação eficiente dos recursos disponíveis atenta a procura expressa, não advindo daí qualquer alteração ou prejuízo para o tratamento e acompanhamento dos doentes internados afectos a essas mesmas especialidades”, conclui.

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados