RCB/TuneIn
Domingo, 22 Jul 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
BE QUESTIONA MINISTÉRIO DO AMBIENTE
Rádio Cova da Beira
O grupo parlamentar do Bloco de Esquerda na Assembleia da República questionou o ministro do ambiente sobre se tem conhecimento da actividade fabril que está a ser desenvolvida em Alcains pela empresa «Valamb» e sobre os “efeitos nefastos que a mesma tem na população vizinha”.
Por Nuno Miguel em 02 de Jul de 2018
Na questão enviada a Matos Fernandes, o grupo parlamentar do Bloco de Esquerda sustenta que “a instalação desta unidade, na proximidade da zona urbana de Alcains, terá impactos pesados na comunidade e no ambiente como a libertação de maus-cheiros e várias emissões gasosas” acrescentando que “para a sua instalação é ainda necessário proceder à destruição de uma mancha significativa de pinhal manso, plantado com dinheiros públicos, e de alguns sobreiros. A fábrica interferiria igualmente com uma zona contígua de nidificação de cegonhas e de pastos para alimentação de ovelhas do maior produtor de queijos de Alcains”.
De acordo com o Bloco de Esquerda “a população de Alcains tem protestado e declarado a sua oposição à instalação desta unidade fabril” sublinhando que “os moradores que vivem na proximidade da fábrica apresentaram uma queixa ao Ministério Público onde afirmam que desde que a empresa iniciou a laboração, os moradores da aldeia situada a cerca de 200 metros da fábrica são obrigados a conviver com uma neblina branca e castanha que se espalha na atmosfera” e que “as viaturas e as casas cobrem-se de resíduos oleosos e cinzas lançados pelas chaminés”.
O BE manifesta ainda a sua estranheza pelo facto de a câmara de Castelo Branco, no passado mês de Janeiro, ter decidido “não renovar a licença de construção por caducidade de todo o processo, mas agora voltou a autorizar o reinício do processo sem qualquer justificação”.
Face a esta situação “e atendendo à profusão deste tipo de unidades fabris na proximidade de populações” o Bloco de Esquerda questiona o ministério se “considera avançar com legislação que garanta um determinado afastamento desta actividade em relação às localidades e a normais mais rígidas de mitigação da poluição”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados