RCB/TuneIn
Domingo, 15 Jul 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
BVC COMEMORAM ANIVERSÁRIO
Rádio Cova da Beira
A chegada de uma nova viatura de combate a incêndios florestais e de uma nova ambulância de transporte de doentes foi um dos pontos altos das comemorações dos 143 anos de vida dos bombeiros voluntários da Covilhã.
Por Nuno Miguel em 24 de Jun de 2018
As duas novas viaturas fazem parte de um plano de investimentos que a direcção da corporação tem vindo a concretizar, estando prevista a chegada de mais duas novas ambulâncias nas próximas semanas. Um plano que contempla ainda a aquisição de um novo carro de comando e também de mais uma viatura de combate a incêndios. Um esforço que tem como principal objectivo o reforço da capacidade operacional da corporação, uma vez que o rejuvenescimento da frota automóvel é uma das principais preocupações, como explica o presidente da direcção “a nossa frota está bastante envelhecida e a nossa opção foi a de comprar sempre viaturas novas. Temos agora estas quatro novas aquisição, temos também de adquirir um novo carro de comando com um kit específico para ajudar à tomada de decisão e vamos também fazer esforços no sentido de adquirir uma outra viatura de combate a incêndios urbanos que entre mais na zona histórica da cidade. Infelizmente não podemos fazer tudo de uma vez porque os apoios não são muitos e não podemos dar um passo maior que a perna. Por isso vamos continuar a fazer este esforço dentro daquilo que são as nossas disponibilidades financeiras”.
Ao nível das infraestruturas, depois de concretizada a obra de ampliação do quartel, a prioridade vai agora para a construção de um novo espaço para aparcamento de viaturas. O terreno já foi cedido pela câmara municipal, no campo das festas, e a direcção já solicitou orçamentos e Joaquim Matias espera que esta obra possa ser uma realidade até final do actual mandato “esse é um projecto para o mandato, a direcção já deliberou avançar com o projecto e já fez pedidos de orçamento para essa obra. Foram-nos entregues dois orçamentos, um na ordem dos 250 mil euros e outro na ordem dos 180 mil. Confesso que a minha preocupação está muito direccionada para o orçamento mais elevado uma vez que será uma construção definitiva mas teremos que avaliar, com racionalidade, os recursos que temos para escolher a opção que melhor servir os interesses dos bombeiros”.
Um projecto que vai também ser apoiado pela câmara da Covilhã. De acordo com Vítor Pereira o município vai continuar atento às necessidades da corporação e pretende comparticipar a execução desses trabalhos “vamos envidar todos os esforços para esse efeito porque quaisquer apoios que o município possa dar aos bombeiros estará sempre aquém das necessidades deles e daquilo que efectivamente merecem. Por isso dentro das nossas disponibilidades vamos continuar a ajudar os bombeiros, indo ao encontro dessa vontade, para terem mais essa infraestrutura de apoio. Estamos muito atentos às necessidades da corporação e quando chegar o momento por certo que não deixaremos de dar a nossa ajuda”.   
Para além da imposição de distinções e promoções a cerca de duas dezenas de soldados da paz, a cerimónia ficou ainda marcada pela inauguração do memorial aos bombeiros. Um projecto desenvolvido pelo artista catalão “Roc Black Block” na ultima edição do festival de arte urbana da Covilhã, tendo a direcção da corporação entregue um diploma de agradecimento à organização do “Wool”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados