RCB/TuneIn
Terça, 25 Set 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
CGD: DEPUTADOS QUESTIONAM GOVERNO SOBRE ENCERRAMENTO DE BALC√ēES
Rádio Cova da Beira
Os deputados do PSD eleitos pelo circulo eleitoral de Castelo Branco fazem parte do lote de 17 eleitos social democratas na Assembleia da Rep√ļblica que enviaram um requerimento ao ministro das finan√ßas onde solicitam c√≥pia do estudo que a administra√ß√£o da Caixa Geral de Dep√≥sitos diz ter efectuado sobre o encerramento de balc√Ķes em todo o pa√≠s assim como a listagem completa dos espa√ßos a encerrar.
Por Nuno Miguel em 17 de Jun de 2018

Outras da categoria:

No documento subscrito por Manuel Frexes e Álvaro Baptista, os social democratas referem que depois de “a administração do banco ter dito em comunicado que as agências a encerrar tinham sido objecto de análise e foram tidas em consideração questões como as acessibilidades a outras agências da e a mobilidade da população” foram identificadas situações como “São Vicente da Beira, no concelho de Castelo Branco ou Darque, no concelho de Viana do Castelo e quem conheça as suas realidades locais do ponto de vista social, humano e acessibilidades só poderá concluir que tais afirmações são não verdadeiras ou o estudo foi mal feito”.
Para além deste requerimento, os deputados do PSD enviaram ainda um conjunto de questões específicas sobre a situação do balcão de São Vicente da Beira “a funcionar há cerca de 25 anos e que já chegou a ter cinco funcionários” e onde questionam o ministério das finanças sobre se a decisão de encerramento “foi precedida por algum estudo de âmbito económico ou social?”.
Os eleitos social democratas sustentam que “este balcão serve não só São Vicente da Beira, como outras cinco freguesias vizinhas, ficando a agência bancária mais próxima a cerca de 20 quilómetros de distância, na vila de Alcains”, classificando como “particularmente grave este encerramento, feito por um governo das esquerdas, que continua nas decisões concretas a desprezar o interior. Servindo esta agência largas camadas da população, num território com graves problemas de despovoamento e envelhecimento, fracos níveis de rendimento e poucas oportunidades de emprego”, os deputados do PSD defendem que “é indispensável conhecerem-se as motivações que estão na origem desta decisão”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados