RCB/TuneIn
Quarta, 26 Fev 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
RECURSO APRESENTADO
A santa casa da miseric?rdia de Belmonte j? apresentou em tribunal a contesta??o ? multa por alegadas viola??es ambientais da empresa "ecodiesel" de que a institui??o ? propriet?ria.
Por Nuno Miguel em 27 de Jan de 2010

O processo remonta a Junho do ano passado em que o ministério do ambiente aplicou uma coima de 500 mil euros por alegadas violações ambientais da empresa sediada no parque empresarial de Belmonte. A decisão mereceu duras críticas por parte do provedor da instituição e João Gaspar garante que o recurso já foi apresentado aos tribunais "não podemos aceitar essa situação; não houve nenhuma situação de dolo da nossa parte e aquilo que se verificou foi apenas uma ruptura num tubo numa altura em que a empresa ainda estava a funcionar em fase experimental. Estam,os convictos que os tribunais nos vão dar razão".

Uma situação que, acrescenta João Gaspar, originou que "alguns irmãos tenham transformado esta empresa no bode expiatório de todos os males da misericórdia quando, na realidade, a ecodiesel nunca nos deu prejuízos financeiros à misericórdia, ao contrário do que sucedeu com outras valências como o atl e as empresas de reinserção agricola e de panificação".

Na última assembleia geral os irmãos aprovaram a proposta da mesa administrativa para que a empresa possa ser transformada numa sociedade anónima. João Gaspar acredita que essa situação não vai criar quaisquer atritos com a câmara de Belmonte, uma vez que a empresa está localizada no parque empresarial da vila e a autarquia possui direito de preferência sobre o terreno onde está instalada "penso que não vai haver quaisquer problemas; a empresa vai ficar no mesmo sítio e a laborar na mesma área. A única diferença é que vai ter mais sócios".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados