RCB/TuneIn
Quinta, 24 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PRAZO PROLONGADO
As cerca de 120 trabalhadoras da empresa ?proud momments?, situada na zona industrial do Fund?o, v?o manter a suspens?o dos contratos de trabalho por mais 90 dias.
Por Nuno Miguel em 26 de Jan de 2010

Outras da categoria:

A decisão foi tomada esta manhã em plenário depois de administração ter anunciado que tem em marcha "um projecto de recuperação da empresa que contempla a procura de novas encomendas e a retoma faseada da laboração". diz o presidente do sindicato têxtil da Beira Baixa.

Para Luís Garra "a aprovação deste plano simboliza mais uma oportunidade que as trabalhadoras estão a dar à administração e é a prova de que as trabalhadoras querem retomar a laboração e tudo estão a fazer para que a empresa não encerre".

A empresa interrompeu a laboração no passado dia 26 de Outubro. As trabalhadoras suspenderam o contrato alegando atrasos no pagamento de 2 meses de salário e de parte do subsídio de férias.

Para além de aguardar pela concretização deste plano de recuperação, Luís Garra considera que "o poder político deve ter um maior envolvimento na defesa da manutenção da empresa uma vez que se trata de uma unidade muito importante não só para o concelho do Fundão mas para toda a região"

Na reunião que manteve com os dirigentes sindicais antes da realização do plenário, a administração deixou ainda a garantia de que, se dentro do prazo hoje estabelecido não for possível retomar a laboração, vai apresentar a “proud momments” a um processo de insolvência.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados