RCB/TuneIn
Domingo, 24 Jun 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CHCB: QUALIDADE E SEGURANÇA EM DESTAQUE
Rádio Cova da Beira
A segurança foi o tema em grande destaque da sexta edição das jornadas da qualidade do centro hospitalar da Cova da Beira. A iniciativa juntou várias dezenas de profissionais que ao longo de todo o dia puderam debater temas como a cibersegurança, os consentimentos informados, a esterilização correcta dos equipamentos ou a violência que por vezes é cometida contra os profissionais de saúde.
Por Nuno Miguel em 12 de Jun de 2018
Catarina Mateus, coordenadora do gabinete de qualidade do centro hospitalar da Cova da Beira sublinha que os dois conceitos surgem muitas vezes tratados de forma separada mas a sua ligação é indissociável “a segurança é um dos grandes pilares da qualidade e a qualidade faz parte da segurança. São dois temas muito distintos mas muito unidos entre si e nós tentamos que a área da qualidade seja uma marca diferente do nosso hospital em relação a outras unidades de saúde. Este ano escolhemos temas que vão desde a protecção de dados, à cibersegurança e à violência contra os próprios profissionais. Queremos ter em toda a unidade a segurança que for mais adequada e aquilo que pretendemos é que um doente quando aqui entra esteja num ambiente com um risco controlado de segurança”.  
No trabalho realizado ao longo do ano, o gabinete tem vindo a realizar campanhas em todos os serviços do centro hospitalar por forma a reforçar a segurança e onde são dados conselhos práticos como evitar a oferta de flores a doentes que foram submetidos a intervenções cirúrgicas, a lavagem correcta das mãos para evitar possíveis focos de contaminação ou ainda relacionados com os riscos decorrentes da administração de medicamentos. Catarina Mateus sublinha que apesar da taxa de satisfação não atingir os 100 por cento, os inquéritos de qualidade permitem constatar uma taxa de avaliação muito positiva junto de doentes e funcionários “a avaliação que temos por parte dos nossos utentes é muito boa. Obviamente que aquilo que pretendemos é chegar aos 100 por cento mas sabemos que esse é um trabalho que nunca está terminado. Para além disso também pretendemos que os nossos colaboradores se sintam seguros e isso obriga a uma atenção diária por parte de todos os profissionais que trabalham na nossa unidade de saúde”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados