RCB/TuneIn
Domingo, 24 Jun 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
GOVERNO NÃO ALTERA FINANCIAMENTO DO ENSINO SUPERIOR
Rádio Cova da Beira
Secretária de estado da ciência, tecnologia e ensino superior diz que não está prevista nenhuma alteração ao modelo de financiamento das Universidades. O governo reconhece os desequilíbrios no país onde a concentração de alunos do ensino superior “é mais gritante”, mas o combate a esses desequilíbrios está a ser feito por outras vias. A distribuição de vagas e o plano nacional de residências são disso um exemplo.
Por Paula Brito & Nuno Miguel em 12 de Jun de 2018

Questionada sobre o caso do subfinanciamento da Universidade da Beira Interior, Maria Fernanda Rollo diz que não está prevista a alteração do modelo de financiamento neste quadro governativo.

“Evidentemente que nós o herdámos, é claro que se pretende corrigir, agora, não havendo mais recursos é muito difícil alterar o modelo que tem estas características, porque será sempre em detrimento de outros. Note-se que outras instituições do interior não têm a mesma posição e portanto, o nosso trabalho tem sido encontrar instrumentos que permitam compensar isso, ainda agora, o que estamos a fazer a nível das residências universitárias com um plano específico para apoio das residências universitárias que procura ter um olhar muito atento para as condições de alojamento para os estudantes que estão fora dos grandes contextos urbanos.”

A governante deixa ainda um alerta e um compromisso.

 “O nosso compromisso é trabalhar com as instituições para superar esses desequilíbrios, mas atenção, nós não podemos estar agarrados a um modelo do passado ignorando como tanto mudou e como tanto tem mudado no nosso país, e este problema não se circunscreve a uma decisão do governo, tem que haver perante estes problemas uma olhar global e que há outros parceiros que têm que participar nomeadamente as empresas e os contextos autárquicos.”

Declarações da secretária de estado da ciência, tecnologia e ensino superior, na sua recente visita à região onde participou na sessão de encerramento do quinto concurso regional “Ideias de Negócio”, organizado pela CCDRC, e que permitiu a apresentação de oito projectos desenvolvidos por representantes das oito comunidades intermunicipais da região.

A governante sustenta que todas as iniciativas que foram produzidas neste concurso comprovam a qualidade do trabalho que é feito ao nível do ensino básico e secundário e que deve ter continuidade posteriormente, com o aumento da percentagem de jovens que prosseguem estudos a nível superior “temos que ter a consciência crescente que o sucesso do ensino básico e secundário é seguramente também o sucesso do ensino superior.

O grande vencedor deste concurso foi o projecto “Eucalygrape Leather”, apresentado pelo agrupamento de escolas de Alcanena, da comunidade intermunicipal do médio Tejo e que consiste na produção de um couro anti alérgico a partir de subprodutos vegetais de modo a reduzir a utilização de químicos nocivos para a saúde humana.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados