RCB/TuneIn
Domingo, 21 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CASTELO BRANCO: APOIO À VÍTIMA VAI SER DESCENTRALIZADO
Rádio Cova da Beira
A associação Amato Lusitano acaba de formalizar um protocolo de colaboração com sete municípios do distrito tendo em vista a descentralização do apoio às vítimas de violência. Idanha-a-Nova, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova, Sertã, Vila de Rei e Vila Velha de Ródão são os concelhos que fazem parte deste projecto que a associação tendo vindo a desenvolver de forma mais centralizada há cerca de uma década.
Por Nuno Miguel em 08 de Jun de 2018

Outras da categoria:

O presidente da associação sublinha que “nós temos sob a nossa responsabilidade há cerca de dez anos o núcleo distrital de apoio à vitima com o sul do distrito. Até agora já fazíamos algum trabalho em todo o distrito mas de uma forma mais informal. Fizemos agora uma candidatura, que foi aprovada, e temos algumas verbas para descentralizar as actividades para os vários municípios, prestando serviços gratuitos e confidenciais de atendimento psicológico, apoio social e informação jurídica”.

 

Arnaldo Brás acrescenta que com a assinatura deste protocolo passam a ser criados núcleos de atendimento descentralizado por forma a disponibilizar os serviços de apoio de uma forma mais próxima das populações “da parte dos presidentes das autarquias tem havido toda a disponibilidade em ceder instalações e em ajudar a colocar os técnicos em contacto com os casos concretos que são identificados. Infelizmente este é um núcleo que tem muito trabalho e para além do apoio das autarquias também contamos com uma parceria forte com o Ministério Público, com a GNR e com a PSP que são as entidades com as quais temos vindo a trabalhar em grande proximidade”.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados