RCB/TuneIn
Domingo, 21 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
COMANDANTE ADMITE DIFICULDADE EM MANTER DISPOSITIVO
Rádio Cova da Beira
Na Covilhã, comandante dos bombeiros admite dificuldade em manter o dispositivo previsto para a época mais crítica de incêndios. Esta é uma das principais preocupações de Fernando Lucas que ainda tem esperança de ter uma segunda equipa de intervenção permanente.
Por Paulo Pinheiro em 08 de Jun de 2018

Outras da categoria:

 

 “Estou com alguma dificuldade com o pessoal, porque felizmente todos trabalham, têm os seus empregos, sabemos que há alguma dificuldade que saiam dos seus empregos para combater os fogos florestais, e estou a ter alguma dificuldade em manter o dispositivo que está previsto, estamos a fazer o máximo de esforço, mas vamos ver o que o futuro nos dirá.”

Em entrevista à RCB, o comandante da corporação covilhanense disse qua ainda tem esperança que os bombeiros da Covilhã sejam abrangidos pela nova vaga de Equipas de Intervenção Permanente anunciada pelo ministério da administração interna:

“Ainda tenho uma réstia de esperança que nos possa ser atribuída outra equipa, devido à nossa orografia que é dificultada pelos acessos e também pela quantidade de serviços que a Covilhã tem neste momento.”

Recorde-se que os Bombeiros da Covilhã dispõem actualmente de um EIP, mas uma segunda equipa de intervenção permanente seria benvinda.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados