RCB/TuneIn
Sábado, 23 Jun 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
UBI CONTINUA NA LISTA DAS MELHORES DO MUNDO
Rádio Cova da Beira
A Universidade da Beira Interior (UBI) mantém em 2018 o estatuto de uma das melhores instituições de ensino superior do mundo fundadas há menos de 50 anos.
Por Paulo Pinheiro em 07 de Jun de 2018

No mais recente ranking desenvolvido pelo Times Higher Education (THE) Young University Rankings, divulgado esta quarta-feira, dia 6 de Junho, a UBI situa-se no intervalo entre os lugares 101 e 150.

 

A avaliação resulta da análise feita às condições e ao trabalho desenvolvidos pela UBI nas áreas fundamentais de uma instituição universitária: qualidade de ensino, qualidade de investigação, número de citações dos artigos científicos elaborados pelos seus investigadores, internacionalização e relação com o tecido empresarial.

 

Os dados deste ranking demonstram “a solidez científica da UBI entre as 250 jovens universidades com menos de 50 anos, de 55 países diferentes”, salienta José Páscoa, Vice-Reitor da Área de Investigação e Projetos.

 

 “O facto de termos mantido a posição do ano de 2017 é fruto do esforço extraordinário dos nossos professores e investigadores”, acrescenta, destacando que se trata de uma consequência “do empenho em manter colaborações ao mais alto nível, quer nacional quer internacional, com instituições de referência”,

 

Estas realidades têm vindo a ser reconhecidas por organizações que desenvolvem rankings dedicados ao Ensino Superior, como é o caso do THE. A entidade internacional inclui a UBI, desde 2016, no Ranking de Universidades Mundiais (posição no intervalo 601-800, em 2018), e Ranking de Universidades da Europa (último conhecido é de 2017, onde a UBI surge no grupo das 400 melhores). Nas listagens de áreas científicas específicas, a UBI situa-se entre o 201-250 na Informática, 251-300 em Engenharia e Tecnologia, e no 401-500 nas Ciências da Saúde.

 

 

 

UBI/RCB 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados