RCB/TuneIn
Quinta, 16 Ago 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
MARCHA PELA PAZ NA COVILHÃ
Rádio Cova da Beira
Centenas de alunos do agrupamento de escolas Frei Heitor Pino sa√≠ram √† rua esta quarta-feira numa marcha pela paz. A iniciativa foi promovida por aquele estabelecimento de ensino e decorreu em simult√Ęneo nas tr√™s escolas que comp√Ķem o agrupamento; Covilh√£, Tortosendo e Pa√ļl.
Por Nuno Miguel em 06 de Jun de 2018

Outras da categoria:

De acordo com Vítor Reis Silva, subdirector do agrupamento, a iniciativa pretendeu chamar a atenção da opinião pública para a importância de, no dia a dia, serem aplicados muitos dos princípios associados à causa da paz “a cooperação, a amizade, a tolerância e o respeito pelo outro são tudo conceitos que tem a ver com a escola e também com o espírito que o próprio agrupamento deve ter. Sem paz também não há educação e nesse sentido aquilo que nós pretendemos foi trazer a comunidade educativa para a rua e transmitir uma mensagem de paz à população com o objectivo de também a envolver nestes sentimentos e nestes valores”.  
O subdirector do agrupamento acrescenta que o mundo vive actualmente uma conjuntura difícil, com conflitos em várias partes do mundo, e os estudantes podem ser os melhores difusores dessa mensagem pela paz “os alunos podem ter um papel muito importante na propagação da paz e de todos os valores que lhe estão associados e que estão presentes diariamente no trabalho que é feito na escola e na vida em sociedade. A escola trabalha com os cidadãos do futuro e ao incutir aos jovens estes valores estamos a contribuir para os formar melhor e saberem aplicá-los amanhã na sua vida familiar e profissional”.
Uma iniciativa que também contou com o apoio do conselho Português para a paz e para a cooperação. De acordo com Armando Farias, responsável daquele organismo, a realização deste tipo de iniciativas é muito importante para consciencializar os jovens sobre o momento actual que o mundo está a viver, sobretudo em concelhos que estão mais afastados dos grandes centros urbanos “é muito importante que concelhos como a Covilhã e outros no interior do país não fiquem afastados destes problemas que são muito importantes. Nós vivemos dias muito difíceis, com situações de guerra em todo o mundo, e não podemos pensar que somos uma ilha e estamos afastados de tudo o resto. É por isso muito importante que através da educação e da consciencialização dos jovens se realize este tipo de iniciativa porque temos a certeza de que contribuem para que amanhã sejam melhores cidadãos e transmitam esta mensagem pela paz”. 
Uma marcha que terminou com a inauguração de um mural pela paz, que foi colocado junto ao edifício da escola sede do agrupamento. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados