RCB/TuneIn
Quinta, 13 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
MAL√ćCIA APRESENTA QUEIXA DO PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA
Rádio Cova da Beira
Mal√≠cia Trindade vai apresentar queixa no Minist√©rio P√ļblico (MP) contra Jos√© Lu√≠s Gadanho. Em causa est√£o as alegadas inj√ļrias, ofensas e amea√ßas feitas pelo presidente da assembleia de freguesia ao presidente da junta da Uni√£o de Fund√£o, Valverde, Donas, Aldeia de Joanes e Aldeia Nova do Cabo.
Por Paula Brito em 05 de Jun de 2018

Ontem à noite, na assembleia de freguesia, Malícia Trindade tornou pública uma conversa mantida com o presidente da assembleia.

“Enquanto houve diálogo, foi do princípio ao fim, alhos, bogalhos, ceboladas, injúrias, ofensa, crime e ameaça de morte. Da minha parte em nada me exaltei, nem um segundo, tratando sempre o senhor presidente da assembleia, José Luís Lourenço Gadanho, com o maior respeito pelo órgão que representa, ou representava, numa relação institucional. Perante estes factos, que não vou aqui relatar, irei entregar, dento de dias, queixa ao Ministério Público, tratando este assunto no local próprio.”

Uma situação que, a par da incapacidade, “vincada” parcialidade e ilegalidade de condução dos trabalhos, levou a bancada do Movimento DAR a apresentar uma moção de censura à mesa da assembleia.

“Censurar o comportamento da mesa da assembleia de freguesia pelo contínuo atropelo das suas obrigações legais e regulamentares, repudiar o desrespeito do presidente da assembleia de freguesia para com a assembleia e junta de freguesia, exigindo um pedido de desculpa formal para com o presidente de junta, pelos vários actos conhecido e face à sua gravidade.”  

Uma moção aprovada com seis votos a favor (DAR), e cinco contra, do PS e CDU. Helena Moreira, que presidiu a mesa, no final, à comunicação social, afirmou que já não acredita numa solução para o problema que está criado este mandato na assembleia de freguesia do Fundão.

“Quando as pessoas já são complicadas, e quando algo nasce torto, tarde ou nunca se endireita. Não acredito que com elementos que há aqui nesta assembleia, não acredito. Eu falei na última assembleia em má-fé e acho que a má-fé continua quando as pessoas estão sempre de pé atrás, inclusive fomos apelidados de ignorantes.”

Em relação à moção de censura, “podemos ir a votação quando eles quiserem, hoje não é oportuno porque é extraordinária, porque se eles quiserem votar e assumir este cargo, nós não temos nenhuma ligação ao poder, por mim tudo bem.”

Nesta assembleia, Helena Moreira leu a carta enviada pelo presidente da mesa, José Luís Gadanho que pediu a suspensão de mandato por um período de 365 dias, alegando razões de saúde e também o exercício do direito de paternidade. Uma suspensão aprovada com a abstenção da DAR e da CDU e os votos favoráveis do PS.

Os três elementos seguintes da lista do Partido Socialista (Ricardo Veríssimo, Paula Milheiro e Agostinho Melo) renunciaram ao mandato alegando motivos pessoais. Assim, Pedro Costa é o novo elemento da bancada do PS que deverá tomar posse na próxima assembleia de freguesia.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados