RCB/TuneIn
Sábado, 23 Jun 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
CDU CONTRA ENCERRAMENTO DO INFANTÁRIO “BOLINHA DE NEVE”
Rádio Cova da Beira
A Coligação Democrática Unitária da Covilhã exige que o Governo, através da Segurança Social, em diálogo e cooperação com a autarquia covilhanense, retome “o quanto antes” a gestão do infantário “Bolinha de Neve”, naquela cidade.
Por Paulo Pinheiro em 05 de Jun de 2018

Em comunicado, a CDU sublinha que a medida visa “assegurar a manutenção do equipamento “ao serviço da cidade e do concelho e a salvaguarda dos direitos das crianças, famílias e dos trabalhadores”.

É a posição da CDU na sequência das declarações à RCB do Provedor da SCMC que confirmou o encerramento do Bolinha de Neve “devido ao reduzido número de crianças que estão a frequentar aquela valência”.

 

A Coligação Democrática Unitária recorda que foi pela mão do Governo PSD/CDS-PP, do então ministro Pedro Mota Soares, que em 2014 as creches e infantários da Segurança Social foram privatizadas, entregando a sua gestão a entidades privadas de solidariedade.

 

 No concelho da Covilhã foram três os estabelecimentos privatizados, sendo um deles, o infantário “Bolinha de Neve”, cuja gestão foi entregue directamente à Santa Casa da Misericórdia da Covilhã (SCMC).

 

Um processo conduzido “sem qualquer transparência, sem informação, sem diálogo com as autarquias (CMC e Junta Freguesia), as famílias, sem negociação com os trabalhadores e as suas estruturas representativas”, aponta a CDU.

 

A Coligação acusa a SCMC de procurar fazer esquecer as suas próprias responsabilidades neste desfecho do Bolinha de Neve, “o que é completamente inaceitável!”.


A CDU lembra que foi a única força política que esteve, desde o início, na denúncia e na defesa pela manutenção deste equipamento sob gestão pública e da valorização da sua importante função social.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados