RCB/TuneIn
Quinta, 16 Ago 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
“VENDA DECORREU A UM RITMO IMPRESSIONANTE”
Rádio Cova da Beira
O presidente da junta de freguesia do Ferro faz uma avaliação da edição deste ano da feira da cereja que decorreu no último fim de semana. Vários milhares de pessoas passaram pelo certame onde puderam degustar e adquirir o fruto, cuja produção foi sempre uma das principais marcas daquela vila do concelho da Covilhã.
Por Nuno Miguel em 04 de Jun de 2018

Outras da categoria:

Uma das novidades deste ano foi a criação de duas zonas específicas para a venda da cereja. Uma aposta que, de acordo com Paulo Ribeiro, superou as expectativas “ao invés do que se fazia no passado em que os locais de venda estavam intercalados, decidimos este ano criar dois locais mais específicos para a venda da cereja e a forma como o público correspondeu mostra-nos que foi uma decisão correcta. Fizemos essa aposta depois de ouvir os produtores, uma vez que eles é que estão nas feiras e sabem a forma como podem chegar melhor ao público. Quem está aqui pode ver um corrupio de caixas o que para nós é uma alegria uma vez que essa é a nossa intenção e posso mesmo dizer que a venda de cereja decorreu a um ritmo impressionante”.   
O autarca sublinha que as chuvas e trovoadas que ocorreram durante o mês de Maio chegaram a causar alguma apreensão quanto à colheita, mas São Pedro acabou por dar uma ajuda “temeu-se a certa altura que, devido às condições climatéricas, a quantidade de cereja pudesse não ser suficiente. No entanto acabámos por manter as datas do certame e ainda bem que o fizemos. São Pedro acabou por nos dar uma ajuda e isso permitiu que a apanha da cereja fosse mais que suficiente para todas as pessoas que nos visitaram e que quiseram levar cereja”.  
Paulo Ribeiro mostra-se ainda surpreendido com o número de visitantes estrangeiros que passaram este ano pelo certame. Uma aposta que a junta de freguesia pretende intensificar nos próximos anos, em parceria com as unidades hoteleiras do concelho da Covilhã “uma das grandes surpresas que tivemos foi ver um grande número de pessoas não portuguesas a visitar o certame. É muito interessante ver pessoas de várias nacionalidades a provar a cereja e outros produtos típicos da nossa freguesia e isso pode ser para nós uma pedra de toque para pensar, numa próxima edição, como é que podemos falar com outros operadores económicos, designadamente os hotéis, no sentido de existirem transportes para que outro tipo de público possa visitar o evento”.  

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados