RCB/TuneIn
Sábado, 23 Jun 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FUNDÃO: EIP PRONTA A RESPONDER
Rádio Cova da Beira
O Fundão era até agora o único concelho do distrito de Castelo Branco que não possuía uma Equipa de Intervenção Permanente (EIP). Desde esta sexta-feira, 1 de Junho, que os elementos que a compõem estão prontos a responder à chamada.
Por Paulo Pinheiro em 02 de Jun de 2018

O protocolo para a criação da EIP do Fundão foi assinado no passado dia 4 de Maio de 2018, em Fornos de Algodres, e constitui o concretizar um “um sonho antigo”.

Nas comemorações do 91º aniversário dos BVF, o presidente da autarquia fundanense destacou a importância da equipa para o concelho, disse ter sido injusta aa demora na decisão deixou um recado a quem decide nesta área

“Não é porque nós sejamos melhores ou piores que os outros é porque esta questão da equipa permanente deve ser uma decisão também de cariz técnico. Não pode ser é uma decisão de cariz político ela deve estar dentro do que devem ser as prioridades perante as condições de perigo, de risco, característica demográficas, características de uma rede estradas ou de autoestradas. De resto, como dizem há muito tempo os relatórios e pareceres do comando distrital, nós devíamos estar na primeira linha dos territórios que deviam ter recebido esta equipa.”, refere Paulo Fernandes.

 

Para o Comandante Distrital de Castelo Branco operacional da ANPC, Francisco Peraboa “esta é uma grande vitória que devemos festejar e que devemos agradecer à parceria tripartida onde a câmara municipal tem um papel muito importante e que importa destacar e demonstrar um agradecimento por estar como está na área da protecção civil”, disse.

Já o presidente da direcçao dos Bombeiros Voluntários do Fundão, Carlos Jerónimo, destaca a rapidez conseguida na formação dos elementos da EIP

“Felizmente conseguimos, julgo que em tempo record, formar os elementos da EIP e dar-lhes posse. Muitas corporações no dia 1 de Junho não têm condições porque os elementos das equipas ainda não têm as provas efetuadas. O Fundão antecipou-se”, aponta.

                             

A equipa composta por cinco elementos é financeiramente suportada em 50% pela administração central, através da ANPC, e pela percentagem pelo município do Fundão e funciona como um corpo activo permanente nos Bombeiros Voluntários do Fundão.

 

FOTO. EQUIPA DE INTERVENÇÃO PERMANENTE DO FUNDÃO 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados