RCB/TuneIn
Domingo, 24 Jun 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“A CDU TEM FRACA MEMÓRIA”
Rádio Cova da Beira
É desta forma que o presidente da câmara municipal de Belmonte reage ao comunicado emitido esta semana por aquela forma partidária em que acusa PS e PSD de serem “farinha do mesmo saco”, depois de António Dias Rocha ter decidido atribuir pelouros a todos os elementos que foram eleitos para o executivo nas últimas eleições autárquicas.
Por Nuno Miguel em 25 de May de 2018
Questionado sobre o tema no final da última reunião pública do executivo o autarca de Belmonte foi peremptório “ a CDU tem fraca memória porque eu já tive um elemento da CDU eleito na câmara a quem também atribui pelouros e então a CDU achou isso muito bem. Não gostei do tipo de escrita que vi produzida uma vez que foi em defesa dos cidadãos que eu tomei esta medida. Não tenho receio nenhum de a ter tomada. Os senhores vereadores que foram eleitos numa lista que não era a que eu encabecei são pessoas com experiência, reconheço-lhes capacidade para fazer um bom trabalho e entendi que deviam trabalhar connosco se assim o quisessem”.   
Já em relação ao PSD, que considera que esta decisão é prejudicial à democracia, António Dias Rocha considera que tais afirmações são lesivas do trabalho que o executivo tem vindo a realizar “o senhor responsável do PSD de Belmonte também fez considerações no seu comunicado que acho que são lesivas do interesse das populações do concelho. Ele que se ponha no seu lugar, eu sei o meu e tenho a certeza que os senhores vereadores também sabem ocupar o deles. Cada macaco no seu galho”.
No final desta reunião, Amândio Melo, também se pronunciou sobre o assunto. O agora vereador a meio tempo na autarquia reconhece que foram estabelecidos vários compromissos pré eleitorais com o PSD e com o MPT e quando chegar a altura própria essa matéria vai ser avaliada “há compromissos, como houve sempre, para a feitura das listas e naturalmente que eles vão ser cumpridos se assim tiver de ser. Não sei até que ponto é que Luís Elvas quer discutir isso agora porque não é a altura para o fazer. Houve vários compromissos e cá estaremos para os respeitar e espero que todas as partes o façam e que não seja só uma”. 
Já quanto à possibilidade de o PSD vir a retirar a confiança política aos dois vereadores, Amândio Melo não se mostra preocupado “isso é uma iniciativa de responsabilidade do PSD, que fara o que entender. Eu não tenho nenhum compromisso com o PSD. Tenho um compromisso com o concelho de Belmonte. Foi isso que disse antes, durante a campanha eleitoral, e contínuo a dize-lo agora. Eu fui candidato como independente, apoiado por uma coligação, e naturalmente que respeito as iniciativas que qualquer uma dessas forças políticas venha a tomar”.  

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados