RCB/TuneIn
Domingo, 24 Jun 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
CMF ADJUDICA OBRAS NO COMPLEXO ESCOLAR DO FUNDÃO.
Rádio Cova da Beira
A c√Ęmara municipal do Fund√£o (CMF) adjudicou √† empresa Virg√≠lio Roque, Sociedade de Constru√ß√£o Civil, Lda., por dois milh√Ķes 311 mil e 935 euros, a empreitada de reabilita√ß√£o e moderniza√ß√£o dos edif√≠cios do complexo escolar do Fund√£o.
Por Paulo Pinheiro em 24 de May de 2018

Na última reunião pública do executivo fundanense, o presidente da autarquia sublinhou a importância da obra, desejada há muitos anos, e expressou o desejo de que a empreitada possa abranger dois períodos das denominadas “férias grandes”

 

“Era muito importante que a obra apanhasse dois verões para minimizar ao máximo o impacto que a empreitada possa ter no normal funcionamento do complexo escolar (escola secundária e escola João Franco) ”.

A empreitada de reabilitação e modernização dos edifícios do Agrupamento de Escolas do Fundão abrange a reparação do reboco, pintura interior e exterior, substituição de caixilharias, isolamento térmico na cobertura, reparação das instalações sanitárias e dos balneários, aplicação de plataformas para mobilidade e reparação de pavimentos.

 

A melhoria das redes de águas e esgotos, a intervenção nos campos de jogos, a aquisição de equipamento e de mobiliário, execução de sistema de rega, execução da rede de detecção de incêndios e melhoramento dos acessos para veículos são outras das áreas contempladas.

A empreitada tem assegurado o financiamento comunitário de 85% mais 7,5% do Estado e o restante do município. O processo vai ser remetido para o Tribunal de Contas ficando o município aguardar o visto daquele órgão de fiscalização.

O edil aproveitou a reunião pública para destacar o investimento efectuado nos últimos anos no sector da educação. De acordo com Paulo Fernandes o montante ronda os cinco milhões de euros

 

“Talvez seja um dos maiores investimentos de sempre, se não o maior, feito nesta área que contempla a reabilitação de rede do parque escolar, nomeadamente do primeiro ciclo e também a entrar em força, ainda antes da descentralização de competências, no âmbito do segundo e terceiros ciclos e também no secundário”, disse. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados