RCB/TuneIn
Quinta, 13 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“NÃO SABEMOS QUE PARÂMETROS FORAM ANALISADOS”
Rádio Cova da Beira
Os deputados do PSD eleitos pelo distrito de Castelo Branco na Assembleia da República exigem aos ministérios do ambiente e da agricultura que realizem análises independentes aos resíduos que são colocados no aterro de Castelo Branco.
Por Nuno Miguel em 22 de May de 2018
No final de uma visita efectuada àquela estrutura, Álvaro Baptista refere que os deputados tiveram conhecimento de que a empresa responsável pela gestão do aterro tem realizado algum trabalho de análise, mas não se sabe que parâmetros foram avaliados nem tão pouco o tipo de resíduos que ali é colocado “a questão essencial que está aqui em cima da mesa é saber que tipo de resíduos é que são depositados neste aterro e garantir que a saúde das pessoas está protegida. Até agora nós ainda não conseguimos obter cópia de nenhumas análises que tenham sido feitas por entidades independentes aos resíduos aqui depositados e por isso não sabemos que parâmetros é que foram analisados. Isso compete aos serviços de inspecção do ministério do ambiente e do ministério da agricultura e é essencial que estas entidades realizem análises independentes e que divulguem os resultados porque não sendo assim ninguém sabe o que foi depositado”.  
Já para Manuel Frexes esta visita permitiu clarificar algumas situações em relação ao funcionamento do aterro de resíduos industriais banais, mas há dúvidas que ainda que subsistem “desfizemos algumas dúvidas mas continuamos com outras, relativamente à forma como é feita a descontaminação da água porque na linha de água para onde é despejado o tratamento que aqui é feito, através de osmose inversa, é nos dito que essa linha de água é partilhada por outro aterro e por isso é necessário saber quais são as responsabilidades de cada um. Verificámos que não há dúvida que no passado houve aqui situações muito irregulares no funcionamento desta unidade”.   

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados