RCB/TuneIn
Domingo, 20 Mai 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
SCC: JOSÉ AUGUSTO NÃO CONTINUA
Rádio Cova da Beira
Consumada a permanência na II Liga, pela 11ª temporada consecutiva, o plantel do Sp. Covilhã entrou de férias. O presidente do clube José Mendes reuniu entretanto esta 3ª feira com José Augusto e decidiu não renovar o contrato com o treinador algarvio para 2018-2019.
Por Miguel Malaca em 15 de May de 2018

Em comunicado, a direcção do clube serrano refere que " a equipa técnica liderada por José Augusto termina a ligação iniciada em setembro de 2017. A direcção do clube agradece o profissionalismo e a dedicação que José Augusto e a sua equipa demonstraram ao longo do período que comandaram a equipa profissional do SC Covilhã e deseja-lhes o maior sucesso pessoal e profissional", pode ler-se no site do SCC.

 

Após dezasseis anos ligado ao Portimonense, José Augusto em 2017 estava sem clube quando foi convidado pelo líder dos leões da serra em setembro para substituir Filipe Gouveia no comando técnico da equipa do Sp. Covilhã.

 

Pela 1ª vez fora do seu "habitat" natural(Algarve), o treinador decidiu aceitar o cargo e traçou três objectivos: conhecer o plantel/começar a ganhar sem sofre golos, garantir a manutenção e ficar no Top 10 da classificação.

 

Atingiu dois: Até janeiro esteve vários jogos sem perder e conseguiu na última jornada garantir a permanência. Ficou em 15º lugar com 47 pontos após 38 jogos, golo-avarage negativo(32-41) e com mais derrotas(15) que vitórias(12), e 11 empates.

 

Apesar das dificuldades o técnico reconhece que " não foi nada fácil conseguir esta permanência na II Liga. Esperava que fosse um pouco mais fácil, até devido ao plantel que tinha ao dispor, mas agora com as contas fechadas, estou feliz por mim, pelo clube, pelos sócios e adeptos, direcção, staff, presidente e também por vocês jornalistas, que fazem parte da família Covilhã e que também merecem esta manutenção. Parabéns a todos".

 

José Augusto acrescenta que " quanto ao meu futuro ainda nada está decidido. Agora vou descansar e depois irei conversar com o presidente. Gostava de continuar, gostei de ter treinado o Sp. Covilhã, até porque já me sinto serrano. Foi uma boa aposta e e um bom desafio ter vindo para a Covilhã, após 16 anos no Portimonense, e este clube merece tudo de bom e estar a curto/médio prazo na I Liga. Tem todas as condições para tal e o presidente está a realizar um grande trabalho e projecto no clube, não só desportivo, mas sobretudo ao nível das infraestruturas. Vamos ver. Ainda é cedo para decidir o que seja para o meu futuro, pois há que analisar os prós e contras da minha continuidade ou não no Sporting da Covilhã." Concluiu o técnico em declarações à RCB no final do jogo com o Penafiel.

Com o início da nova temporada marcado para julho, os leões da serra procuram agora novo timoneiro.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados