RCB/TuneIn
Quinta, 24 Mai 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
IPCB: CORTES NO FINANCIAMENTO GERAM APREENSÃO
Rádio Cova da Beira
O presidente do conselho geral do instituto politécnico de Castelo Branco mostra-se preocupado com os sucessivos cortes de financiamento que a instituição tem vindo a sofrer na última década.
Por Nuno Miguel em 15 de May de 2018
Na cerimónia de tomada de posse de António Fernandes como novo presidente da instituição, Vítor Santos considerou que o quadro orçamental existente é um constrangimento adicional que a instituição enfrenta a par da interioridade e da desertificação populacional “entre 2010 e 2018 as transferências do orçamento de estado para o IPCB foram reduzidas em cerca de 17 por cento. O orçamento de estado para 2018 contempla o IPCB com um financiamento público que corresponde a 75 por cento das receitas da instituição. Este quadro orçamental contribui para dificultar ainda mais a superação de todos os constrangimentos resultantes da dinâmica populacional, do envelhecimento demográfico e da interioridade”. 
Vítor Santos acrescenta que nos últimos anos o IPCB tem registado um saldo positivo na captação de novos alunos, mas teme que a situação se venha a inverter devido à perda de população que as regiões do interior tem vindo a sentir. Por isso o presidente do conselho geral do IPCB apela à adopção de novas políticas públicas que ajudem a travar esse ciclo descendente “a correcção expressiva da actual dinâmica populacional depende sobretudo do desenvolvimento de políticas públicas que contrariem o despovoamento do interior e que minimizem as assimetrias regionais. A promoção de políticas de educação e formação, o desenvolvimento de investimentos públicos no reforço e na consolidação das infraestruturas tecnológicas e de formação e o reforço dos centros de saber podem tornar possível a geração de processos de crescimento sustentados e a convergência real das economias e das regiões”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados